Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
ANA diz que volume útil do Cantareira dura até novembro; reserva chegou a 8,4% 14/05/2014

O nível de água do Sistema Cantareira caiu novamente e agora está em 8,4% da capacidade de armazenamento, de acordo com dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Segundo a Agência Nacional de Água (ANA), a água do reservatório deve durar, pelo menos, até novembro, já contabilizando a utilização do volume e a reserva técnica, que não tem previsão de uso, de 50 bilhões de litros. As obras que possibilitam o uso dessa reserva, o chamado volume morto, terminam amanhã (15).

Representantes da ANA e do Departamento de Águas e Energia Elétrica de São Paulo (Daee) estiveram ontem (13) em Campinas em reuniões com prefeitos, companhias de abastecimento e usuários de recursos hídricos nas áreas de influência do Cantareira. O objetivo é reunir relatos dos diversos setores que sirvam de subsídio para avaliar a estiagem e sugerir medidas que diminuam o impacto.

Na sexta-feira (16), o Grupo Técnico de Assessoramento para gestão do Sistema Cantareira (Gtag – Cantareira), formado por representantes da agência reguladora e do departamento, vai se reunir para avaliar a vazão afluente (volume de água que entra no reservatório) e o que está sendo demandado pelos usuários. A avaliação técnica resulta em sugestões para os gestores que adotam medidas para mitigar a falta de recursos hídricos.

As últimas análises e simulações da ANA apontam que a água que está entrando no Cantareira corresponde a 60% da vazão afluente mínima histórica. Se esse padrão for mantido, em setembro, por exemplo, devem entrar 6 metros cúbicos por segundo (m³/s). Por outro lado, caso a estimativa de consumo para setembro permaneça em 28 m³/s, será preciso realocar as prioridades no abastecimento entre as duas regiões atendidas pelo Cantareira. Além disso, será necessário liberar a água em função do que entra no sistema.

As duas regiões atendidas pelo Cantareira são o Consórcio das Bacias do PCJ, que inclui os rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, e a região metropolitana de São Paulo.

Para usar a água no volume morto, que são reservas abaixo do nível das comportas, está sendo necessário construir dois canais de 3,5 quilômetros e instalar 17 bombas, que envolvem um investimento de R$ 80 milhões. Segundo a Sabesp, o total de água abaixo do nível das comportas chega a 300 bilhões de litros, mas serão disponibilizados, neste momento, 200 bilhões. Esse volume é suficiente para abastecer os moradores da região metropolitana por quatro meses.

O Sistema Cantareira é o maior do estado e abastece cerca de 9 milhões de pessoas na região metropolitana de São Paulo. A situação do reservatório é a pior desde que ele foi criado na década de 1970. (da Agência Brasil, Camila Maciel)



Últimas

2019/11/12 » Setor de serviços cresce 1,2% em setembro, aponta IBGE
2019/11/12 » Cresce apoio do BNDES a projetos de micro, pequenas e médias empresas
2019/11/12 » Países do Brics buscam investimentos privados para infraestrutura
2019/11/12 » Faturamento do mercado de seguros cresceu 18,6% em setembro
2019/11/11 » Brics fomenta cooperação entre economias emergentes há 13 anos
2019/11/11 » Impostos dificultam pequenos e médios negócios, dizem empresários
2019/11/11 » IBGE revisa PIB de 2017 de 1% para 1,3%
2019/11/08 » Indicador da FGV mostra dificuldade de reação do mercado de trabalho
2019/11/08 » Petrobras recebe oferta de R$ 3,7 bilhões por Liquigás Distribuidora
2019/11/08 » Governo aumenta projeção de crescimento do PIB para 0,90%
2019/11/07 » Inflação de outubro é a menor para o mês desde 1998
2019/11/07 » Índice que serve de base para reajuste salarial tem variação de 2,76%
2019/11/07 » Seis em cada 10 empresários querem investir, mostra pesquisa do Sebrae
2019/11/07 » Poupança tem menor retirada líquida para outubro em cinco anos
2019/11/05 » Índice de Preços ao Produtor fica em 0,45% em setembro
2019/11/05 » Copom espera crescimento da economia brasileira no terceiro trimestre
2019/11/05 » Bolsa volta a bater recorde e aproxima-se dos 109 mil pontos
2019/11/05 » Índice-chave da Bolsa de Valores de Tóquio registra maior nível do ano
2019/11/05 » Premiês japonês e chinês preparam visita oficial do presidente da China ao Japão
2019/11/05 » Países do RCEP discutem futuro do acordo sem a Índia

Ver mais »