Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Consumidor pretende comprar pelo menos um presente neste Natal, aponta pesquisa 05/11/2014

Levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostrou que 87% dos consumidores têm a intenção de comprar pelo menos um presente de Natal este ano, percentual maior do que os 67%, no ano passado. Outros 3% disseram que não vão dar presentes e 10% estão em dúvida. O valor médio gasto com cada presente deve ser de R$ 122,40 contra os R$ 86,59 e cada um pretende comprar quatro presentes em média.

Segundo os dados apurados, 33% dos entrevistados querem diminuir os gastos com presentes este ano. Já 40%5 das pessoas ouvidas pretendem gastar o mesmo que no ano passado e 27% estão dispostos a gastar mais. Entre os que têm a intenção de dar um presente melhor ou mais presentes estão 29%. Entre os que querem diminuir as despesas com presentes, 35% alegaram estar endividados, 18% disseram estar desempregados e 17% pretendem economizar para adquirir outras coisas.

Para 63% dos 624 entrevistados, o preço é fator determinante para a escolha do local onde o presente será comprado. A maioria (86%) está disposta a pesquisar melhores condições de pagamento e valores menores. Entre os fatores mais importantes para a compra do presente de Natal estão a localização (36%) do comércio, as promoções (36%), a diversidade de produtos (33%) e a segurança do local (22%). A pesquisa indica que os locais preferidos para as compras devem ser os shopping centers (62%).

Entre as opções para escolha dos itens estão as roupas (77%), os calçados (50%) e perfumes e cosméticos (45%). As mães aparecem em primeiro lugar na lista de pessoas a serem presenteadas (56%), seguidos por filhos (53%), cônjuges (52%), pai (36%), amigos (22%) e namorados (20%). As formas de pagamento mais utilizadas pelos consumidores serão o dinheiro (50%), cartão de crédito parcelado (27%) e o cartão de crédito à vista (10%).

Segundo a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, como o Natal sempre é uma época para presentear, as pessoas acabam se deixando levar por essa tradição e aproveitam para comprar presentes. “As pessoas vão comprar o mesmo número de presentes do ano passado, mas gastando mais porque a inflação está maior. O que acontece é que o brasileiro vai acabar encaixando esse gasto no seu orçamento via parcelamento de cartão de crédito”. (da Agência Brasil, Flávia Albuquerque)



Últimas

2021/01/15 » MPT abre inquéritos para avaliar danos sociais do fechamento da Ford
2021/01/15 » BNDES financia segunda usina termelétrica no Porto do Açu
2021/01/15 » IBGE: indústria cresce em dez dos 15 locais pesquisados em novembro
2021/01/14 » Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020
2021/01/14 » Conab estima colheita de 264,8 milhões de toneladas de grãos
2021/01/14 » IBGE: safra de 2021 deve superar recorde de 2020
2021/01/14 » Veja o que pode e o que não pode no Enem 2020
2021/01/13 » BNDES define consórcio que apoiará programa de aceleração de startups
2021/01/13 » Inflação da construção civil atinge 10,16% em 2020
2021/01/13 » Inflação para famílias com menor renda fecha 2020 com alta de 5,45%
2021/01/13 » Inflação oficial fecha 2020 em 4,52%, diz IBGE
2021/01/12 » Ministério pede avanço de reformas para manter fábricas no país
2021/01/12 » Preço da cesta básica aumentou em todas as capitais em 2020
2021/01/12 » Plataforma promove compartilhamento de materiais na economia
2021/01/11 » Como entrar em 2021 com as contas no azul
2021/01/11 » Digitalização de serviços públicos gera economia de R$ 2 bi por ano
2021/01/11 » Banco do Brasil renegocia R$ 40 milhões em dívidas por WhatsApp
2021/01/11 » Vendas de veículos caem 26,2% em 2020, diz Anfavea
2021/01/11 » Enem terá regras para evitar contágio pelo novo coronavírus
2021/01/08 » ANP: 17ª Rodada de Licitações oferece 92 blocos em bacias marítimas

Ver mais »