Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Febraban elogia escolha de nova equipe econômica 28/11/2014

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) elogiou a escolha da nova equipe econômica do governo federal. O presidente executivo da instituição, Murilo Portugal, classificou de “excelente” a escolha dos nomes para chefiar a economia do país.

“A presidenta Dilma [Rousseff] fez excelentes escolhas ao nomear Joaquim Levy para ministro da Fazenda, confirmar Alexandre Tombini como presidente do Banco Central [BC] e indicar Nelson Barbosa para o Ministério do Planejamento. Os três têm larga experiência na formulação e implementação de políticas macroeconômicas, sempre colocando o interesse público em primeiro lugar”, disse Portugal, em nota.

“Estamos mais otimistas com o próximo ano, esperando que essas indicações contribuam para a retomada da confiança, o que, como os mercados indicam, já começou a ocorrer”, acrescentou.

O presidente executivo da Febraban ressaltou que Levy executou, “com firmeza”, as políticas de ampliação do superávit primário e de redução da dívida pública no [início do] governo Lula. “Levy tem experiência e credibilidade internacional, adquiridas no exercício de funções em importantes organizações multilaterais como o FMI [Fundo Monetário Internacional], o Banco Central Europeu e o BID [Banco Interamericano de Desenvolvimeto], além de sólida formação acadêmica,”

Murilo Portugal destacou também que a manutenção de Alexandre Tombini no comando da autoridade monetária é positiva e essencial para o sistema financeiro. “Renova a expectativa do combate firme à inflação e a confiança na continuidade do excelente trabalho de regulação e supervisão prudencial exercido pelo BC, o qual tem sido essencial para a estabilidade e solidez do sistema financeiro”.

O presidente da Febraban elogiou ainda Nelson Barbosa. Segundo ele, Barbosa dará contribuição para uma atuação coesa e harmônica da nova equipe econômica. “Nelson Barbosa acumulou experiência em importantes cargos, como secretário de Acompanhamento Econômico, secretário de Política Econômica e  secretário executivo do Ministério da Fazenda”, destacou. (da Agência Brasil, Bruno Bocchini)



Últimas

2021/04/20 » Governo destinará até R$ 15 bi para relançar BEm e Pronampe
2021/04/20 » Atividade econômica cresce 1,7% em fevereiro, diz BC
2021/04/20 » Mercado financeiro prevê inflação em 4,92% neste ano
2021/04/19 » O que é Ibovespa
2021/04/19 » Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro
2021/04/19 » Banco Central altera norma para segunda fase do open banking
2021/04/16 » Serviços registram crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/16 » LDO de 2022 destravará gastos com obras em caso de atraso no Orçamento
2021/04/16 » Projeto da LDO prevê crescimento de 2,5% para o próximo ano
2021/04/16 » Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real
2021/04/16 » Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias
2021/04/16 » IGP-10 acumula inflação de 31,74% em 12 meses, diz FGV
2021/04/15 » Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa
2021/04/15 » Indicador Antecedente tem queda de 2,2% em março, revela FGV
2021/04/15 » Vendas nos supermercados têm alta de 5,18% em fevereiro
2021/04/15 » Economia abre consulta pública para debater nova Lei de Licitações
2021/04/15 » Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
2021/04/15 » Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI
2021/04/14 » Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
2021/04/14 » Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Ver mais »