Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Maior parte da inadimplência se refere a dívidas antigas, diz SPC Brasil 11/02/2015

A maior parte das dívidas não pagas em janeiro deste ano eram débitos antigos, segundo dados divulgados ontem (10) pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL). Entre as dívidas computadas, 40,78% referiam-se a atrasos de um ano e três anos, e 30,22%, de três a cinco anos.

Segundo a economista chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, isso ocorre porque o consumidor passa a acreditar que não conseguirá mais quitar o débito. "Ele acha que a dívida é impagável. Mas não é, depende de acordo entre o credor e o devedor", disse Marcela. A economista destacou que o número de consumidores com débitos em atraso, estimado em 54,6 milhões pelo SPC, corresponde a 38% da população maior de 18 anos do Brasil. O cálculo foi feito com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O levantamento do SPC Brasil mostrou também que quase metade das dívidas em atraso no mês de janeiro – 47,62% – eram com o segmento bancário. O segundo e o terceiro setores com maiores volumes de débitos foram comércio (20,6%) e comunicação (15,1%).

Marcela Kawauti reiterou avaliação da CNDL e do SPC-Brasil de que a estabilização da inadimplência dos brasileiros está ligada à desaceleração da atividade econômica e à redução do estoque de crédito. "A base de crédito da economia perde força, e a inadimplência cai", disse a economista.

Em janeiro deste ano, o número de devedores cresceu 3,12% na comparação com igual mês do ano passado. Trata-se da menor variação anual para o mês desde 2010. (da Agência Brasil, Mariana Branco)



Últimas

2021/01/26 » Micro e pequenas empresas têm até sexta-feira para aderir ao Simples
2021/01/26 » Queda na arrecadação foi “resultado excelente”, diz Guedes
2021/01/26 » Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis
2021/01/25 » Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas
2021/01/25 » Cepal: exportações da América Latina e do Caribe caíram 13% em 2020
2021/01/25 » Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/25 » Como contribuir para o INSS por conta própria
2021/01/22 » Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
2021/01/22 » Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
2021/01/22 » Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
2021/01/21 » Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
2021/01/21 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2021/01/21 » Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC
2021/01/20 » Confiança do empresário do comércio cai 2,2% em janeiro, diz CNC
2021/01/19 » CNI: faturamento da indústria cai pela primeira vez em sete meses
2021/01/19 » Produção de aço caiu 4,9% em 2020, informa o Instituto Aço Brasil
2021/01/19 » Atividade econômica tem alta de 0,59% em novembro, diz Banco Central

Ver mais »