Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Demanda de empresas por crédito aumenta 12,3% de dezembro para janeiro 20/02/2015

A procura por crédito pelas empresas aumentou 12,3% em janeiro, na comparação com dezembro, como mostra o Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito. Em relação a janeiro de 2014, a busca cresceu 6,4%.

Segundo economistas da Serasa Experian, o avanço é devido ao “movimento de recomposição de estoques, típico de início de ano após as vendas do Natal”. Eles destacaram que a maior demanda ocorreu entre as micro e pequenas empresas. Na avaliação dos economistas, isso pode decorrer da busca de opções de financiamento como o crédito mercantil, já que as instituições financeiras passaram a ter mais seletividade e rigor na concessão de crédito.

As micro e pequenas empresas ampliaram a demanda em 13,1% de dezembro para janeiro. A taxa é bem superior à registrada entre empresas de médio porte (1,9%). Entre as grandes empresas, a procura diminuiu 0,4%.

Na comparação com janeiro do ano passado, as micros e pequenas empresas também elevaram a demanda, em 7,5%. Já nos demais segmentos empresariais, ocorreram quedas. Nas médias empresas, houve recuo de 10,2% e nas grandes empresas, de 0,9%.

A indústria foi o setor que mais buscou crédito em janeiro, com alta de 15,5% sobre dezembro. Na sequência, aparecem o comércio, com expansão de 12,2%, e os serviços, com ampliação de 11,9%. Em relação a janeiro de 2014, o comércio lidera o aumento (8,9%), seguido dos serviços (6,3%). Nesse tipo de comparação, a indústria buscou 2,9% menos crédito.

Por região, o Sul foi o que apresentou maior crescimento em janeiro, com índice de 13,8% sobre dezembro. No Sudeste, foi registrada expansão de 12,6%; no Nordeste, de 12,4%; no Centro-Oeste, de 10,5%; e no Norte, de 8,8%. Em relação a janeiro do ano passado, a maior alta ocorreu no Norte (13,7%). Em seguida, vêm o Centro-Oeste (8,8%), o Sul ( 7,7%), o Nordeste (6,5%) e o Sudeste (2,4%). (da Agência Brasil, Marli Moreira)



Últimas

2020/11/27 » Volta de cobrança do IOF sobre crédito renderá cerca de R$ 2 bi
2020/11/27 » Indústrias do Mercosul e da UE pedem urgência para acordo comercial
2020/11/27 » Indústria paulista mantém expansão no ano apesar de queda em outubro
2020/11/26 » Expectativa de vida no Brasil sobe para 76,6 anos em 2019
2020/11/26 » Campos Neto: Pix vai gerar inclusão e reduzir custos para população
2020/11/26 » Vendas de máquinas e equipamentos têm alta de 16% em outubro
2020/11/25 » Anatel prevê leilão do 5G no final do primeiro semestre de 2021
2020/11/25 » Mercado de capitais analisa critérios socioambientais de empresas
2020/11/25 » Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves
2020/11/24 » Maioria dos reajustes até outubro teve ganhos reais, diz Dieese
2020/11/24 » Mercado aumenta previsão de inflação e prevê queda menor do PIB
2020/11/24 » Guedes anuncia que vai para o "ataque" com privatizações e reformas
2020/11/23 » Mais de 60% dos internautas no país usam serviços públicos digitais
2020/11/23 » Guia de financiamento ajuda empresas interessadas em sustentabilidade
2020/11/23 » Em reunião do G20, Guedes diz que recuperação do Brasil surpreende
2020/11/20 » Economia cresceu 7,5% do segundo para o terceiro trimestre, diz FGV
2020/11/20 » Produção e empregos estão em alta na indústria, diz CNI
2020/11/20 » Confiança do empresário do comércio sobe 4,1% em novembro, diz CNC
2020/11/18 » Aumento de exportações industriais traria R$ 376 bi para economia
2020/11/18 » Quase dois terços das indústrias esperam faturar mais em 2021

Ver mais »