Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Produção de veículos cai 18,5% no primeiro semestre e vendas recuam 20,7% 06/07/2015

A produção de veículos automotores caiu 14,8% em junho na comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com balanço da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulgado hoje (6), na capital paulista. Em junho de 2015, foram produzidas 184.015 unidades, contra as 215.934 de junho de 2014. Em relação ao mês de maio, quando a produção somou 210.386 unidades, houve queda de 12,5%. No acumulado do primeiro semestre, foram produzidos 1.276.638 veículos, 18,5% a menos do que o total do mesmo período do ano passado (1.566.049).

O licenciamento registrou em junho leve queda de 0,1%, com a venda de 212.524 unidades. Em maio, foram vendidas 212.696. Na comparação com junho do ano passado, quando foram comercializados 263.564 veículos, houve redução de 19,4%. Nos acumulado de 2015, as vendas totalizaram 1.318.949 unidades, 20,7% a menos do que no mesmo período de 2014.

“Em junho, houve um dia a mais de vendas, mas, de qualquer maneira, o número é estável [em relação a maio]. No acumulado permanece a queda, mas os produtos que a Anfavea representa e que são considerados bens de capital é que têm refletido o baixo índice de confiança dos consumidores. O nosso trabalho é buscar esse nível de confiança do investidor”, disse o presidente da Anfavea, Luiz Moan.

Ele destacou que, para as pessoas físicas, as vendas à vista no mês de junho representaram 40,4% no total. Em junho do ano passado, esse percentual estava em 38,1%. O nível de inadimplência (atrasos de pagamento acima de 90 dias) chegou a 3,9% tanto para os veículos novos quanto para os usados. Há um ano, era 4,99%.

“Um ponto que ainda continua positivo é a área de consórcio, com 72 mil novas cotas em junho, o que representa aumento de 6,7% com relação ao mesmo período do ano passado. Por isso consideramos esse um instrumento extremamente importante entre os mecanismos de financiamento disponíveis”, destacou Moan.

As exportações de veículos chegaram a 48.068 unidades em junho, um crescimento de 96,8% na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando foram comercializadas no mercado externo 24.425 unidades. Em relação a maio, foi registrado aumento de 17,9% e, no acumulado do ano, de 16,6%. “Temos conseguido colecionar dados positivos", disse o presidente da Anfavea.

Em valores, as exportações registraram queda de 19,7% em relação a maio e elevação de 20,1% na comparação com junho do ano passado. “A queda nos valores foi provocada por uma alteração no mix de produtos exportados”, explicou Moan. (da Agência Brasil, Flávia Albuquerque)



Últimas

2019/11/19 » Petrobras reajusta gasolina em 2,8% nas refinarias
2019/11/19 » Setor de infraestrutura tem feito "mais com menos", diz secretário
2019/11/19 » Déficit primário encerrará o ano abaixo de R$ 80 bilhões, diz Guedes
2019/11/18 » Instituições financeiras elevam expectativa de inflação para 3,33%
2019/11/18 » Com Selic em queda, poupança pode passar a render menos que a inflação
2019/11/14 » Atividade econômica cresce 0,91% no terceiro trimestre
2019/11/14 » Caixa e BB iniciam quinta fase de pagamento de abono do PIS/Pasep
2019/11/14 » Reformas vão tornar Brasil mais atrativo a negócios, diz Bolsonaro
2019/11/14 » Reformas vão tornar Brasil mais atrativo a negócios, diz Bolsonaro
2019/11/13 » Privatização da Eletrobras deve reduzir tarifas para os consumidores
2019/11/13 » Caixa reduz para 4,99% a taxa de juros do cheque especial
2019/11/13 » Ministro diz que reforma da Previdência já atrai investidores
2019/11/12 » Setor de serviços cresce 1,2% em setembro, aponta IBGE
2019/11/12 » Cresce apoio do BNDES a projetos de micro, pequenas e médias empresas
2019/11/12 » Países do Brics buscam investimentos privados para infraestrutura
2019/11/12 » Faturamento do mercado de seguros cresceu 18,6% em setembro
2019/11/11 » Brics fomenta cooperação entre economias emergentes há 13 anos
2019/11/11 » Impostos dificultam pequenos e médios negócios, dizem empresários
2019/11/11 » IBGE revisa PIB de 2017 de 1% para 1,3%
2019/11/08 » Indicador da FGV mostra dificuldade de reação do mercado de trabalho

Ver mais »