Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Países formam aliança global sobre construções para combater mudanças climáticas 04/12/2015

Dezoito países e mais de 60 organizações lançaram ontem (3) a Aliança Global para Edifícios e Construção para acelerar e intensificar o potencial do setor na redução de suas emissões e construir uma maior resiliência climática nas futuras cidades e infraestruturas.  O Brasil é um dos países que integram essa aliança, que tem o objetivo de alinhar os diferentes atores do setor da construção.

A iniciativa foi anunciada pela Agenda de Ação Lima-Paris (LPAA, na sigla em inglês) – uma espécie de fórum de engajamento da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas – durante a 21ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP 21), em Paris.

Segundo a LPAA, o setor dos edifícios e construção é responsável por 30% das emissões globais de dióxido de carbono (CO2), mas também tem o potencial de evitar sobre 3,2 gigatoneladas de CO2 até 2050 por meio de políticas e tecnologias de integração de hoje disponíveis. “Reduzir a procura de energia no setor da construção é uma das estratégias mais rentáveis para alcançar reduções significativas de gases de efeito estufa”, informou.

O setor imobiliário representa cerca de 50% da riqueza global. Fazer essa mudança, proposta pela aliança, exigirá investimentos adicionais em torno de US$ 220 bilhões em 2020. Isso representa um aumento de quase 50% em relação ao investimento feito em eficiência energética dos edifícios em 2014, mas é menos de 4% do atual investimento anual na atividade de construção mundial. Retornos desses investimentos em ações políticas e tecnológicas poderiam ser maiores que 124% se eles estiverem sendo feitos agora.

A partir de hoje, 91 países incluíram elementos de compromissos, programas nacionais ou projetos e planos relativos a edifícios em suas Contribuições Nacionalmente Determinadas Pretendidas (INDCs), que é o conjunto de metas de redução de gases de efeito estufa de cada país.

“Enquanto as cidades continuam crescendo e mais de 70% da população mundial vive em áreas urbanas, torna-se crucial para o setor reduzir suas emissões e, literalmente, construir uma maior resiliência às alterações climáticas”, informou a LPAA.

Além do Brasil, integram a aliança: Áustria, Camarões, Canadá, Finlândia, França, Alemanha, Indonésia, Japão, México, Marrocos, Noruega, Senegal, Singapura, Suécia, Tunísia, Ucrânia, Emirados Árabes Unidos e Estados Unidos.

Entre as organizações que participam da aliança está a União Internacional de Arquitetos, que representa, por meio de organizações nacionais, perto de 1,3 milhão de arquitetos em todo o mundo; o World Green Building Council, que representa 27 mil empresas de construção civil e fomenta o mercado de edifícios sustentáveis; a Royal Institution of Chartered Surveyors, que representa 180 mil inspetores de construção em nível mundial; e a Federação Europeia da Indústria da Construção, que representa as empresas do setor de construção por meio de 33 federações nacionais em 29 países. (da Agência Brasil, Andreia Verdélio)



Últimas

2021/01/22 » Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
2021/01/22 » Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
2021/01/22 » Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
2021/01/21 » Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
2021/01/21 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2021/01/21 » Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC
2021/01/20 » Confiança do empresário do comércio cai 2,2% em janeiro, diz CNC
2021/01/19 » CNI: faturamento da indústria cai pela primeira vez em sete meses
2021/01/19 » Produção de aço caiu 4,9% em 2020, informa o Instituto Aço Brasil
2021/01/19 » Atividade econômica tem alta de 0,59% em novembro, diz Banco Central
2021/01/19 » Atividade industrial desacelera em novembro de 2020
2021/01/18 » Saiba o que é a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
2021/01/18 » China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
2021/01/18 » Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões
2021/01/15 » MPT abre inquéritos para avaliar danos sociais do fechamento da Ford
2021/01/15 » BNDES financia segunda usina termelétrica no Porto do Açu
2021/01/15 » IBGE: indústria cresce em dez dos 15 locais pesquisados em novembro
2021/01/14 » Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020

Ver mais »