Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Taxa média de juros do cheque especial e empréstimo pessoal caiu em janeiro 12/01/2016

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) identificou queda na taxa média de juros do cheque especial e do empréstimo pessoal em levantamento feito no dia 5 de janeiro. Nos sete bancos pesquisados, a taxa média para o cheque especial foi 12,52% ao mês (a.m.),  0,03 ponto percentual menor que no mês anterior, de 12,55% ao mês.

Já no empréstimo pessoal, a taxa média de juros dos bancos pesquisados foi 6,37% a.m., inferior ao mês anterior, que foi 6,39% a.m., queda de 0,02 ponto percentual. A pesquisa inclui Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, HSBC, Itaú, Safra e Santander.

Apesar da queda no valor médio das taxas de juros, o Procon alerta que o consumidor deve ficar atento e evitar gastos por impulso. “Os empréstimos devem ser evitados, pois o cenário geral econômico prevê períodos de inflação e consequente queda do poder aquisitivo”, informou a entidade.

Caso o consumidor precise de crédito, o Procon aconselha a procurar as melhores taxas e negociar com a instituição financeira, especialmente quando for correntista do banco.

Números
Das sete instituições financeiras que fazem parte da amostra, duas elevaram a taxa de juros do cheque especial e duas diminuíram. Em relação à taxa de empréstimo pessoal, uma elevou sua taxa e uma diminuiu. As demais taxas foram mantidas. 

Nos juros do cheque especial, de acordo com a pesquisa, foram registradas altas no Bradesco, que alterou de 11,92% para 12,30% a.m.; e no Safra, que mudou de 10,40% para 11,40% a.m. Já as quedas foram identificadas no Banco do Brasil, que alterou a taxa de 11,99% para 11,80% a.m.; e no Itaú, que baixou de 11,93% para 10,56% a.m. Os demais bancos mantiveram suas taxas.

No empréstimo pessoal, o Procon identificou aumento na taxa de juros no Bradesco, que alterou o índice de 6,61% para 6,67% ao mês. O único banco que baixou essa taxa foi o Itaú, de 6,43% para 6,22% a.m. Os demais bancos mantiveram sua taxa de empréstimo pessoal. (da Agência Brasil, Camila Boehm)



Últimas

2020/03/27 » Governo anuncia linha de crédito a pequenas e médias empresas
2020/03/27 » Aviões voltam a atender a capitais e outras 19 cidades brasileiras
2020/03/27 » Ministro do STF volta a negar suspensão de MP do contrato de trabalho
2020/03/26 » Japoneses começam a usar a tecnologia 5G
2020/03/26 » Coronavírus derruba ações na Bolsa de Tóquio
2020/03/26 » Japão pode liberar US$ 503 bilhões contra efeitos do coronavírus
2020/03/26 » Japão eleva alerta de viagens para o mundo inteiro
2020/03/25 » Governo define medidas contra covid-19 na assistência social
2020/03/25 » Aneel suspende por 90 dias cortes no fornecimento de energia elétrica
2020/03/25 » EUA pedem que cidadãos norte-americanos deixem o Brasil
2020/03/24 » Covid-19: Brasil tem 46 mortes e mais de 2 mil casos confirmados
2020/03/24 » Empresários pedem a Toffoli segurança jurídica durante pandemia
2020/03/24 » Ministério recomenda adiar vacinação de crianças contra a gripe
2020/03/24 » Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio são adiados
2020/03/23 » MP permite suspensão do contrato de trabalho por até quatro meses
2020/03/23 » BC adota medidas para injetar R$ 30 bilhões na economia
2020/03/23 » EUA anunciam novas medidas para combater efeitos da covid-19
2020/03/23 » Brasileiros esperam que inflação fique em 4,8% nos próximos 12 meses
2020/03/23 » BC anuncia redução de compulsório e empréstimo a instituições
2020/03/20 » Clientes do cinco maiores bancos podem pedir prorrogação de dívidas

Ver mais »