Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Greve dos bancos contribuiu para queda na venda de motocicletas, diz Abraciclo 07/10/2016

A indústria de motocicletas registrou queda na produção, venda e exportação no mês de setembro. Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), foram fabricadas 80.489 motos em setembro, ante 92.791 unidades em agosto, o que representa queda de 13,3%.

As vendas no atacado para concessionárias também registraram queda de 8,4% no período, passando de 83.236 motocicletas em agosto, para 76.268 unidades em setembro. Para a Abraciclo, as medidas do governo Temer para retomada do crescimento econômico no país ainda não surtiram efeito. "As medidas para a retomada da economia ainda não foram alinhadas, mantendo o compasso de espera", disse em nota o presidente da Abaciclo, Marcos Fermanian.

Além disso, a associação estima que a greve dos bancos fez com que cerca de 4 mil unidades deixassem de ser emplacadas em setembro. "A greve bancária, que se estende por mais de 30 dias, também contribuiu para que a média de vendas diária ficasse abaixo do registrado no mês de agosto de 2016. Estima-se que cerca de quatro mil motocicletas poderiam ser emplacadas, entre consórcio e financiamento”, diz a nota.

Resultado acumulado

No acumulado do ano, de janeiro a setembro, a queda na produção foi de 31%, passando de 1.032.715, nos primeiros nove meses de  2015 para 712.870, no mesmo período de 2016. O resultado é o menor desde 2003, quando foram produzidas 741.929 unidades.

As vendas para concessionárias caíram 28,7% no período acumulado com 683.453 unidades nos primeiros nove meses deste ano, ante 959.077 de janeiro a setembro de 2015.

Já as exportações mostraram um cenário mais favorável, com leve queda de 4,7% no acumulado do ano, passando de 45.922 unidades (2015) para 43.752 (2016).

Setembro

Apenas em setembro, foram exportadas 4.298 unidades, volume 5% inferior ao mês de agosto (4.522). No varejo, a média diária de vendas de motocicletas caiu 4,3% entre agosto (23 dias úteis) e setembro (21 dias úteis), passando de 3.324 para 3.182 unidades. Quando comparada à média diária do mês de setembro de 2015 (4.521 unidades ao dia em mês com 21 dias úteis), a Abraciclo verificou queda de 29,6%.

Na comparação mensal, os licenciamentos caíram 12,6%, considerando as 66.822 motocicletas comercializadas em setembro, na comparação com 76.460, em agosto. (da Agência Brasil, Camila Boehm)



Últimas

2020/10/26 » Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
2020/10/26 » Petrobras inicia venda de campos terrestres em Sergipe
2020/10/26 » Banco Central registra recorde de remessas de dólares para o Brasil
2020/10/23 » Ministério da Infraestrutura entregará planos de logística até 2050
2020/10/23 » OMS: risco de pegar covid-19 em aviões é "muito baixo", mas não zero
2020/10/23 » Cresce pauta sobre home office nas negociações trabalhistas
2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos
2020/10/22 » Opas: América Latina não deve relaxar enfrentamento à pandemia
2020/10/22 » Faturamento do setor de turismo no Brasil tem redução de 33,6% em 2020
2020/10/21 » Setor mineral brasileiro tem resultado positivo no 3º trimestre
2020/10/21 » Decreto inclui Linha 2 do metrô de BH em programa de privatizações
2020/10/21 » Não investir no Brasil será um grande erro, afirma ministro
2020/10/21 » Inflação do aluguel sobe de 18,20% para 20,56% em 12 meses
2020/10/20 » Pacote comercial abre caminho para acordo mais amplo, diz governo
2020/10/20 » SP:acordo da ANTT permite investimento de R$ 6 bi em malha ferroviária
2020/10/20 » Como fazer a amortização do FGTS pelo celular
2020/10/19 » Comércio eletrônico e delivery aumentam consumo de embalagens
2020/10/19 » Doria apresenta plano de retomada econômica de São Paulo
2020/10/19 » Produção brasileira de aço cresce 7,5% em setembro
2020/10/16 » Indicador antecedente da economia brasileira cresce 1,2% em setembro

Ver mais »