Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Demanda de passageiros em voos domésticos cresce 1,6% em junho, diz Anac 27/07/2017

A demanda de passageiros em voos domésticos cresceu 1,6% em junho em comparação com o mesmo mês de 2016, de acordo com os números divulgados hoje (26) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Em junho de 2017, foram transportados 6,9 milhões de passageiros pagos em voos domésticos. Esta foi a quarta alta do indicador após 19 meses consecutivos em queda.

Segundo os dados divulgados pela agência, a taxa de aproveitamento dos assentos no mercado, em junho, foi de 80,1%, o que representou alta de 2,7% frente ao mesmo mês do ano anterior.

O aproveitamento nos seis primeiros meses do ano foi de 80,2%, com variação positiva de 1,2% em relação ao mesmo período de 2016.

A oferta de assentos, entretanto, apresentou uma queda de 1,0% em junho deste ano na comparação o mesmo mês em 2016, após três altas consecutivas. Nos seis primeiros meses do ano, demanda e oferta acumularam alta de 0,6% e queda de 0,6%, respectivamente.

Entre as empresas, no primeiro semestre, Gol e Latam permaneceram na liderança no mercado doméstico, com participações de mercado da ordem de 35,9% e 32,3%, respectivamente.

Segundo a Anac, a Latam registrou uma baixa de 8,3% na comparação com igual período do ano anterior, enquanto a Avianca teve a maior variação positiva entre as quatro principais empresas aéreas (15 %) . "Em junho de 2017, a participação das concorrentes das duas líderes avançou 10,4% na comparação com igual mês do ano anterior, tendo alcançado 32,1%”.

O mercado internacional também apresentou aumento na demanda de passageiros de 14,8% em junho, nono mês consecutivo de alta. A oferta também cresceu 12,5%, acumulando o oitavo aumento consecutivo.

No mês, foram transportados 602 mil passageiros pagos em voos internacionais. "No acumulado de janeiro a junho de 2017, a demanda internacional cresceu 11,7% e a oferta aumentou 7,2%, em comparação com igual período de 2016”, disse a Anac.

A Latam continua com a maior parcela do mercado internacional entre as empresas brasileiras nos últimos anos. Em junho, a empresa teve 78,7% de participação, enquanto a Azul e a Gol obtiveram 12,2% e 8,6%, respectivamente.

O transporte de cargas também apresentou "excelente desempenho". No mês foram transportadas 18.943 toneladas de carga e correio "o que representou aumento de 43,9% em relação ao mesmo mês do ano anterior, sendo o maior nível já alcançado para o mês na série histórica iniciada em 2000”, disse a Anac. (da Agência Brasil, Luciano Nascimento)



Últimas

2020/12/04 » Receita Federal e Banco do Brasil iniciam arrecadação com Pix
2020/12/04 » Desentendimento político interrompe reforma tributária, diz Guedes
2020/12/04 » Pix tem 100 milhões de chaves registradas
2020/12/03 » Concessões de aeroportos, rodovias, portos e ferrovias entram no PPI
2020/12/03 » PPI tem 115 ativos para leilões e projetos de concessão em 2021
2020/12/03 » Venda de veículos automotores aumenta 0,45% de outubro para novembro
2020/12/03 » Produção industrial cresceu 1,1% em outubro, diz IBGE
2020/12/02 » CNI: produtividade do trabalho na indústria cresce 8% no 3º trimestre
2020/12/02 » Balança comercial registra superávit de US$ 3,73 bi em novembro
2020/12/02 » CNA prevê aumento da produção do agronegócio no próximo ano
2020/12/02 » População desocupada atinge 13,76 milhões em outubro
2020/12/01 » Ipea: investimentos têm alta de 3,5% em setembro
2020/12/01 » Contas públicas registram saldo positivo após oito meses de déficit
2020/12/01 » Estimativa do mercado financeiro para a inflação sobe para 3,54%
2020/11/30 » ANP retoma a 17ª Rodada de Licitações
2020/11/30 » Corretoras poderão atuar com pagamentos de boletos a partir de janeiro
2020/11/30 » Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV
2020/11/30 » Fiscalização do Procon-SP registra infração em 70% de lojas visitadas
2020/11/30 » Taxa de desemprego passa de 13,3% para 14,6% no terceiro trimestre
2020/11/30 » Inflação do aluguel sobe e acumula 24,52% em 12 meses

Ver mais »