Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Indenizações por morte no trânsito crescem 23% em 2017, diz seguradora 07/02/2018

O número de indenizações pagas por morte no trânsito pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) cresceu 23% em 2017, correspondendo a 41.151 indenizações. Em relação aos casos de morte, o destaque fica com São Paulo que está no topo da lista dos estados com maior número de sinistros pelo segundo ano consecutivo, seguido por Minas Gerais e Ceará. Os dados foram divulgados pela Seguradora Líder, administradora do Seguro Dpvat.

Segundo a Seguradora Líder, no ano passado, mais de 380 mil indenizações foram pagas nos três tipos de cobertura oferecidas pelo Dpvat: morte, invalidez permanente e despesas médicas. O número é, aproximadamente, 12% menor do que o registrado em 2016, com cerca de 430 mil indenizações pagas. Na modalidade de invalidez permanente, os dados apontam queda de 18% em comparação com o ano anterior.

Em relação ao perfil das vítimas, os homens representam 75% das indenizações pagas por acidentes no país. A faixa etária entre 18 e 34 anos concentra 49% das indenizações pagas.

Motocicletas

De acordo com o relatório, três em cada quatro indenizações do Seguro Dpvat estão relacionadas a motocicletas. Apesar de representarem 27% da frota nacional, as motos são responsáveis pelo maior número de acidentes e de vítimas, acumulando 285.662 sinistros ou 74% das indenizações pagas em 2017.

Em alguns estados, segundo a Seguradora Líder, o número de vítimas de acidentes com motocicletas chega a ser dez vezes maior do que o registrado com carros, como é o caso do Ceará. Oitenta e oito por cento das indenizações por morte em acidentes com motocicletas foram para vítimas do sexo masculino. No caso de acidentes de motos que resultaram em sequelas permanentes, 79% das indenizações também foram para homens. 

Outro dado apresentado pelo relatório é em relação ao combate a fraudes. No ano passado, foram evitadas perdas de R$ 222,9 milhões referentes a 17.550 tentativas comprovadas de fraudar o Seguro Dpvat para recebimento de indenizações. O montante de fraudes evitadas no ano passado é 85% superior ao identificado em 2016 (R$120,2 milhões). (da Agência Brasil, Ana Cristina Campos)



Últimas

2018/11/14 » Indicador de investimentos tem crescimento de 9,6% no 3º trimestre
2018/11/14 » Mercado financeiro reduz previsão de déficit nas contas públicas
2018/11/14 » Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
2018/11/14 » Setor de serviços teve queda de 0,3% em setembro, calcula IBGE
2018/11/14 » Desemprego é maior entre nordestinos, mulheres e negros, divulga IBGE
2018/11/14 » Imposto de importação aumenta custos de produtos nacionais, diz Ipea
2018/11/14 » Taxa de informalidade de novos ocupados chega a 74% em pesquisa Dieese
2018/11/13 » Concessões devem ser prioridade no novo governo, defende ministro
2018/11/13 » Tesouro diz que 14 estados superam limite de gastos com pessoal
2018/11/13 » Brasil gasta R$ 3,48 por dia com a saúde de cada habitante, diz CFM
2018/11/13 » Petrobras inicia operação de plataforma no pré-sal da Bacia de Santos
2018/11/13 » Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
2018/11/13 » Sindicalistas defendem manutenção do sistema público de Previdência
2018/11/12 » Mercado reduz de 4,40% para 4,23% estimativa de inflação para 2018
2018/11/12 » Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP
2018/11/12 » Moro diz que governo Bolsonaro não fará discriminação de qualquer tipo
2018/11/12 » Efeito do cadastro positivo para conter inadimplência não é consenso
2018/11/12 » Inadimplência atinge 62 milhões de brasileiros e afeta 3% do crédito
2018/11/08 » Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC
2018/11/08 » Brasil pode ser líder em desenvolvimento sustentável, dizem cientistas

Ver mais »