Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Mercado financeiro reduz projeção de inflação deste ano para 3,67% 12/03/2018

O mercado financeiro reduziu pela sexta semana seguida a estimativa para a inflação este ano. A expectativa do mercado para Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), desta vez, passou de 3,70% para 3,67%, de acordo com o Boletim Focus, publicação divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), elaborada com base em pesquisa sobre os principais indicadores econômicos.

A projeção está mais distante do centro da meta de 4,5%, mas acima do limite inferior de 3%. Para 2019, a estimativa para a inflação caiu, pela segunda semana consecutiva, ao passar de 4,24% para 4,20%, abaixo do centro da meta de 4,25%.

Na última sexta-feira (9), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 0,32% em fevereiro, o menor índice para o mês desde o ano 2000 (0,13%).

Nesse cenário de inflação baixa e economia se recuperando, o mercado financeiro espera que a taxa básica de juros, a Selic, seja reduzida em 0,25 ponto percentual, de 6,75% para 6,50% ao ano, neste mês. A Selic é o principal instrumento do Banco Central para alcançar a meta de inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando o Copom diminui os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação.

De acordo com a previsão das instituições financeiras, a Selic encerrará 2018 em 6,50% ao ano e subirá ao longo de 2019, terminando o período em 8% ao ano.

A estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, deste ano, caiu de 2,90% para 2,87%. Para 2019, a projeção é mantida em 3% há seis semanas consecutivas. (da Agência Brasil, Kelly Oliveira)



Últimas

2018/09/21 » ANP aprova medidas para retomada da produção de petróleo
2018/09/21 » Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
2018/09/21 » Brasileiros poderão receber remessas do exterior diretamente em reais
2018/09/20 » Educação a distância cresce 17,6% em 2017; maior salto desde 2008
2018/09/20 » Empresário da indústria está menos confiante, diz CNI
2018/09/20 » OCDE reduz para 1,2% previsão de crescimento da economia brasileira
2018/09/20 » IBGE: Brasil tem 9,85 milhões de hectares de florestas plantadas
2018/09/19 » BC mantém juros básicos em 6,5% ao ano pela quarta vez seguida
2018/09/19 » ANP aprova R$ 878 milhões em subvenção para óleo diesel
2018/09/19 » Indicador de custos industriais cresce 3,7% no segundo trimestre
2018/09/19 » Apesar de aumento, menos de 40% das cidades têm política de saneamento
2018/09/19 » Quase 35% das cidades tiveram casos de doenças ligadas ao saneamento
2018/09/19 » FGV: economia brasileira recuou 0,5% no trimestre encerrado em julho
2018/09/18 » Inflação do aluguel acumula taxa de 9,83% em 12 meses
2018/09/18 » Intenção de investimentos da indústria recua 3,1 pontos no trimestre
2018/09/18 » ANP aprova novas empresas para disputarem campos de petróleo
2018/09/18 » Mortes por câncer devem chegar a 9,6 milhões neste ano, estima OMS
2018/09/17 » Mais de 716 mil empresas podem ser excluídas do Simples Nacional
2018/09/17 » Atividade econômica cresce 0,57% em julho
2018/09/14 » Renda das mulheres é 42,7% menor que a dos homens, diz Pnud

Ver mais »