Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Produção de motos cresce 12,2% no primeiro trimestre, diz Abraciclo 12/04/2018

A produção de motocicletas do Polo Industrial de Manaus cresceu 12,2% nos três primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a 259.537 unidades. Os dados foram divulgados hoje (12), em São Paulo, pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Na comparação mensal dos números de produção, houve alta de 14,8% em março sobre o mesmo mês em 2017. Foram produzidas, no mês passado, 94.599 unidades. Em relação a fevereiro, o crescimento foi de 13,1%.

As vendas para o atacado registraram aumento de 8,4% durante o primeiro trimestre do ano (234 mil unidades comercializadas). No mês de março, foram vendidas 87.372 motocicletas para os concessionários, representando uma alta de 8,5% em relação a março do ano passado. Na comparação com fevereiro, houve elevação de 16,6%.

As vendas diretas ao consumidor tiveram aumento de 4% no primeiro trimestre do ano, com 210.970 emplacamentos. No mês passado, foi registrada queda de 4,3% nas vendas (79.320 motocicletas vendidas), na comparação com março de 2017. Em relação a fevereiro, houve alta de 25,9%.

Vendas no varejo

O presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, informou que a produção cresce em ritmo mais acelerado do que as vendas no varejo, porque há atraso na entrega das motocicletas. As motos são produzidas em Manaus e distribuídas para o restante do país.

“[A produção] desce de Manaus, via terrestre. Há um fluxo de logística de, em média, mais do que 15 dias. Alguns mercados estão com estoque abaixo do normal. Metade da produção de março, por exemplo, não foi vendida para o concessionário”, disse Fermanian.

A Abraciclo manteve as expectativas de alta no acumulado no final deste ano. A produção, segundo a entidade, deve crescer 5,9%. A projeção de venda no atacado é de aumento de 4,3% e, no varejo, alta de 1,6%. “Vamos aguardar, pois há instabilidade política, a Copa do Mundo. Mas, como a gente vê, os primeiros períodos do ano foram bem mais favoráveis do que a gente esperava”, afirmou. (da Agência Brasil, Fernanda Cruz)



Últimas

2018/09/21 » ANP aprova medidas para retomada da produção de petróleo
2018/09/21 » Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
2018/09/21 » Brasileiros poderão receber remessas do exterior diretamente em reais
2018/09/20 » Educação a distância cresce 17,6% em 2017; maior salto desde 2008
2018/09/20 » Empresário da indústria está menos confiante, diz CNI
2018/09/20 » OCDE reduz para 1,2% previsão de crescimento da economia brasileira
2018/09/20 » IBGE: Brasil tem 9,85 milhões de hectares de florestas plantadas
2018/09/19 » BC mantém juros básicos em 6,5% ao ano pela quarta vez seguida
2018/09/19 » ANP aprova R$ 878 milhões em subvenção para óleo diesel
2018/09/19 » Indicador de custos industriais cresce 3,7% no segundo trimestre
2018/09/19 » Apesar de aumento, menos de 40% das cidades têm política de saneamento
2018/09/19 » Quase 35% das cidades tiveram casos de doenças ligadas ao saneamento
2018/09/19 » FGV: economia brasileira recuou 0,5% no trimestre encerrado em julho
2018/09/18 » Inflação do aluguel acumula taxa de 9,83% em 12 meses
2018/09/18 » Intenção de investimentos da indústria recua 3,1 pontos no trimestre
2018/09/18 » ANP aprova novas empresas para disputarem campos de petróleo
2018/09/18 » Mortes por câncer devem chegar a 9,6 milhões neste ano, estima OMS
2018/09/17 » Mais de 716 mil empresas podem ser excluídas do Simples Nacional
2018/09/17 » Atividade econômica cresce 0,57% em julho
2018/09/14 » Renda das mulheres é 42,7% menor que a dos homens, diz Pnud

Ver mais »