Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Caminhoneiros e ANTT voltam a discutir tabela de fretes 11/06/2018

Representantes de caminhoneiros e técnicos da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vão retomar, a partir das 15h30 de hoje (11), em Brasília, as negociações em torno da criação de uma nova tabela com os preços mínimos de fretes para o transporte rodoviário.

As conversações a respeito de uma terceira versão da tabela de frete começaram na última sexta-feira (8), um dia após o governo federal anunciar que a segunda versão, publicada na véspera, seria suspensa. Técnicos da autarquia federal e do Ministério dos Transportes também trataram do assunto no sábado e, esta manhã, alguns representantes dos caminhoneiros estiveram na sede da ANTT, mas a reunião marcada para esta manhã acabou sendo remarcada para esta tarde.

O presidente Michel Temer confirmou, ainda na quinta-feira (7), que a Casa Civil e o Ministério dos Transportes estudavam “uma adaptação à [segunda versão] da tabela dos preços mínimos do frete”. Desde então, na prática, voltou a vigorar a primeira tabela, editada no dia 30 de maio – apesar de, oficialmente, só hoje a ANTT ter formalizado a suspensão da segunda versão, publicando no Diário Oficial da União a Resolução 5.822, que revoga a anterior, de 7 de junho.

O tabelamento do frete foi uma das reivindicações de caminhoneiros atendidas pelo governo no fim do mês passado para tentar pôr fim à paralisação que durou 11 dias, afetando amplos setores da economia.

As duas primeiras tabelas são alvos da disputa de interesses entre caminhoneiros e representantes do setor produtivo. De um lado, donos de transportadoras rodoviárias e caminhoneiros autônomos se queixam de que os valores atualmente pagos pelo frete mal cobrem os custos das viagens, como combustível, pedágio, alimentação e manutenção do veículo. De outro lado, empresários de outros segmentos, principalmente agropecuário, alegam que o estabelecimento de um valor mínimo para o frete limita a concorrência e aumenta os custos de transporte de cargas.

De acordo com a assessoria da ANTT, a reunião de hoje não deve ser conclusiva, nem há previsão de quando será anunciada a terceira versão da tabela. Os técnicos da agência receberão as contribuições dos representantes dos caminhoneiros e continuarão “aprofundando as discussões sobre a matéria” a fim de “chegar a uma solução que harmonize os interesses de produtores, transportadores e sociedade”. (da Agência Brasil, Alex Rodrigues)



Últimas

2018/10/17 » Atividade econômica registra terceiro mês seguido de crescimento
2018/10/17 » Indústria paulista gera 500 vagas de emprego em setembro
2018/10/17 » STF decide que imóveis de programa habitacional não pagam tributos
2018/10/16 » Setor de serviços cresce 1,2% de julho para agosto
2018/10/16 » Consumidores não acham que produção de alimento ameace o meio ambiente
2018/10/16 » Trocas de operadora de telefonia chegam a 1,6 milhão em três meses
2018/10/15 » Bancos já podem receber boletos vencidos acima de R$ 100
2018/10/15 » ANP autoriza dez empresas para oferta permanente de petróleo
2018/10/15 » Estimativa de inflação sobe pela quinta vez e vai para 4,43% este ano
2018/10/11 » Commodities aumentam participação nas exportações brasileiras, diz FGV
2018/10/11 » IBGE reduz estimativa de queda da safra para 6% neste ano
2018/10/11 » CNI reduz de 1,6% para 1,3% projeção de expansão da economia este ano
2018/10/11 » Com 238,5 milhões de toneladas, Conab estima recorde da safra de grãos
2018/10/11 » Comércio varejista cresce 1,3%, diz pesquisa do IBGE
2018/10/10 » Índice usado em contratos de aluguel acumula alta de 10,99%
2018/10/10 » Combustíveis e transportes têm maiores altas em setembro
2018/10/10 » Começa hoje segunda fase do eSocial para empresas de médio porte
2018/10/09 » Produção de motocicletas cresce 5,2% em setembro, diz Abraciclo
2018/10/09 » Greve dos caminhoneiros diminuiu produtividade da indústria, diz CNI
2018/10/09 » ANP: fiscalização a postos aumenta em 2018; autos de infração diminuem

Ver mais »