Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Câmara aprova MP que amplia capital estrangeiro na aviação 22/05/2019

O plenário da Câmara aprovou na noite desta terça-feira (21) a Medida Provisória (MP) 863/18, que autoriza as empresas de aviação com sede no Brasil a terem participação ilimitada de capital estrangeiro. Com isso, deixa de existir o limite de 20% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais. No entanto, o dispositivo pode perder a validade caso não seja aprovado pelo Senado nesta quarta-feira (22).

Ao ser analisada em comissão mista, o relator da proposta, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), incluiu no texto o fim da cobrança por bagagem despachada e a exigência de que as empresas estrangeiras sejam obrigadas a operar rotas regionais. Nas linhas domésticas, a franquia de bagagem por passageiro será de 23 kg nas aeronaves acima de 31 assentos. Nas linhas internacionais, a franquia funcionará pelo sistema de peça ou peso, seguindo a regulamentação específica. 

Os trechos, no entanto, foram considerados como “jabutis” pelo governo federal, mas a falta de tempo para negociação no Congresso antes que medida caducasse inviabilizou a retirada dos dispositivos -  que poderão ser vetados pelo presidente Jair Bolsonaro. 

A MP altera o Código Brasileiro de Aeronáutica (Lei 7565/86) ao modificar as condições para outorga de concessão para exploração de serviços de transporte aéreo regular e não regular. Ao ser editada ainda pelo ex-presidente Michel Temer, o governo ressaltou que o limite de até 20% de participação de capital estrangeiro fazia com que o Brasil fosse um dos países mais fechados a investimentos do setor aéreo. 

"De acordo com informações do Banco Mundial contidas no estudo Investing Across Borders apenas países como Arábia Saudita, Etiópia, Haiti e Venezuela se mostram mais restritivos à participação de investidores estrangeiros em empresas aéreas - neles o capital estrangeiro com dierito a voto não é permitido. Por outro lado, países sul-americanos como Chile, Colômbia, Uruguai, Paraguai e Bolívia permitem até 100% de controle acionário por investidores estrangeiros em empresas aéreas nacionais", apontou a justificativa da medida provisória. 

Ao editar a MP, o governo argumentou que o dispositivo visava estimular aspectos como o aumento da competição e a desconcentração do mercado doméstico, o aumento da quantidade de cidades e rotas atendidas pelo transporte aéreo regular e a redução do preço médio das passagens. 

A volta da franquia mínima de bagagem foi apresentado como destaque à MP pelo PT e  aprovado de forma simbólica. Com a votação do destaque, a sessão foi encerrada. (da Agência Brasil, Heloísa Cristaldo)



Últimas

2019/06/18 » Inflação do aluguel é de 6,46% em 12 meses
2019/06/18 » PIB recua 0,9% no trimestre encerrado em abril, diz FGV
2019/06/17 » Exportações brasileiras crescem 10% em maio com vendas para os EUA
2019/06/17 » Produtividade do trabalho no país recua 1,1% no primeiro trimestre
2019/06/17 » Indicador antecedente da economia brasileira cai 0,9%, diz FGV
2019/06/17 » Mercado financeiro espera por cortes na Selic a partir de setembro
2019/06/17 » Estimativa do mercado para crescimento da economia cai para 0,93%
2019/06/17 » Potências reduzem, mas modernizam arsenais nucleares, diz relatório
2019/06/14 » Mercado segurador brasileiro cresce 4,9% no primeiro quadrimestre
2019/06/14 » Frustração faz grandes empresas investirem menos que o planejado
2019/06/14 » "Se forçar a barra, não aprova nada", diz Bolsonaro sobre Previdência
2019/06/14 » Ipea: inflação desacelera para todas as classe sociais
2019/06/14 » Atividade econômica tem queda de 0,47% em abril
2019/06/14 » ANS suspende venda de 51 planos de saúde de 11 operadoras
2019/06/14 » Inflação pelo IGP-10 cai de 0,70% para 0,49%, diz FGV
2019/06/13 » Produção de ovos de galinha cresce 6% no primeiro trimestre
2019/06/13 » Setor de serviços cresce 0,3% de março para abril, diz IBGE
2019/06/13 » Brasil tem baixa taxa de escolarização superior, diz Semesp
2019/06/12 » Comércio varejista recua 0,6% de março para abril, diz IBGE
2019/06/12 » Primeiro-ministro do Japão faz visita histórica ao Irã

Ver mais »