Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Sociedade civil pode participar da elaboração do Orçamento 2021 24/02/2021

Os parlamentares estão atrasados. A proposta do Orçamento de 2021 já deveria ter sido votada no ano passado, mas só agora tramita na Comissão Mista de Orçamento e ainda precisa ir à votação em plenário e ser aprovada pelo Congresso Nacional. Deputados e senadores têm até 1º de março para apresentar emendas ao orçamento. 

O economista e professor de Política Social da Universidade de Brasília, Evilásio Salvador,  explica que emendas são propostas que alteram o texto encaminhado pelo governo federal. 

O professor afirma ainda que é fundamental que a sociedade civil acompanhe e fiscalize o Orçamento. Segundo Evilásio Salvador, 75% da receita do governo federal vêm de tributos que a população paga por meio de impostos e contribuições sociais. 

O professor de Políticas Públicas do Ibmec Brasília, Danilo Morais dos Santos, avalia que a participação cidadã na elaboração do Orçamento da União ainda é inexpressiva. Ele lembra como o planejamento pode influenciar a vida do cidadão, já que é por meio dele que é decidido quanto será o investimento em educação, saúde e outros serviços públicos. 

A elaboração do Orçamento da União deve seguir a Lei de Diretrizes Orçamentárias, aprovada em dezembro de 2020. O consultor de Orçamento e Fiscalização Financeira, Ricardo Volpe, explica que em todo esse processo é preciso respeitar o teto de gastos, uma regra fiscal que foi estabelecida em 2016 para que as despesas cresçam apenas o equivalente à inflação do ano anterior. 

Cada deputado e senador pode sugerir até 25 propostas ao Orçamento, mas, em média, cada um apresenta dez. Além das emendas individuais, que buscam atender interesses mais locais, existem as emendas coletivas de bancadas estaduais e comissões, que miram questões regionais. As emendas impositivas são aquelas que o governo tem a obrigação de executar. O prazo para que os parlamentares apresentem emendas ao Orçamento de 2021 termina na próxima segunda-feira, 1º de março. (da Agência Brasil, Luísa Câmara - reportagem: Kariane Costa) 



Últimas

2021/04/16 » Serviços registram crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/16 » LDO de 2022 destravará gastos com obras em caso de atraso no Orçamento
2021/04/16 » Projeto da LDO prevê crescimento de 2,5% para o próximo ano
2021/04/16 » Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real
2021/04/16 » Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias
2021/04/16 » IGP-10 acumula inflação de 31,74% em 12 meses, diz FGV
2021/04/15 » Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa
2021/04/15 » Indicador Antecedente tem queda de 2,2% em março, revela FGV
2021/04/15 » Vendas nos supermercados têm alta de 5,18% em fevereiro
2021/04/15 » Economia abre consulta pública para debater nova Lei de Licitações
2021/04/15 » Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
2021/04/15 » Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI
2021/04/14 » Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
2021/04/14 » Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea
2021/04/14 » Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril, aponta Procon-SP
2021/04/14 » Comércio varejista cresce 0,6% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/13 » Calendário de restituições não muda com novo prazo do Imposto de Renda
2021/04/13 » Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 4,85% este ano
2021/04/13 » Inflação para idosos acumula taxa de 6,2% em 12 meses
2021/04/12 » Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado

Ver mais »