Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Lideranças do PMDB acertam entrada do partido no governo Lula 29/11/2006

Brasília, 28/11/2006 - Lideranças de diferentes correntes peemedebistas acertaram hoje (28) num almoço na residência do presidente do partido, deputado Michel Temer (SP), o ingresso do PMDB no governo de coalizão buscado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o seu segundo governo. A decisão deverá ser homologada na quinta-feira na reunião do Conselho Político do partido, confirmaram os peemedebistas que participaram do apoio.

Participaram deste encontro o presidente do Senado, Renan Calheiros (AL); o ex-presidente da República e senador, José Sarney (AP); o ex-governador de São Paulo, Orestes Quércia; o deputado Geddel Vieira Lima (BA); e os governadores reeleitos do Amazonas, Eduardo Braga, e do Espírito Santo, Paulo Hartung. “Quinta-feira vamos ter a reunião do conselho (político) e esperamos que nesta reunião saia a decisão de apoiar formalmente o governo do presidente Lula para uma coalizão entre o nosso partido e os partidos da base de sustentação do governo”, afirmou José Sarney.

O senador reconheceu que existem quadros peemedebistas que são contrários a formalização do apoio peemedebistas ao governo Lula. Acrescentou, entretanto, que estas divergências “não são capazes de abalar a unidade do partido”. Sarney ressaltou que o apoio do PMDB ao governo “representa uma tranqüilidade para o governo porque não só é um grande partido como, também, um partido de quadros, de homens experientes que podem contribuir bastante para a governabilidade, para a formulação das políticas públicas e para a discussão do programa do governo”.

Já Renan Calheiros afirmou que “nestas conversas o PMDB está exercitando o seu consenso”. No mesmo discurso de Sarney, o presidente do Senado disse que a busca deste consenso permitirá ao partido ajudar na governabilidade do presidente Lula e na definição de políticas públicas. “O PMDB quer cumprir fundamentalmente este papel”.

O presidente do partido, Michel Temer, disse que “todos os participantes desta reunião concordaram com esta hipótese (formalização da entrada do partido na coalizão de governo) exata e precisamente para que o partido como um todo se manifestasse e não apenas parte dele”. Já o ex-governador Orestes Quércia acrescentou que, oficializada a decisão pelo conselho, uma comissão de peemedebistas comunicará o fato ao presidente Lula tão logo ele retorne da viagem à África.

 

 

 

Agência Brasil - Marcos Chagas

 

 

 

 

 



Últimas

2020/07/08 » Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante pandemia
2020/07/08 » Câmara aprova MP que suspende cumprimento mínimo de dias letivos
2020/07/08 » Câmara aprova MP que permite reembolso de passagem aérea em até um ano
2020/07/08 » Covid-19: Senado aprova indenização a profissional afetado pela doença
2020/07/07 » Bolsonaro sanciona MP que criou programa de manutenção do emprego
2020/07/07 » Tecnologias da Embrapa ajudam Ceará a dobrar produção de algodão
2020/07/07 » Com aumento de mortes, Miami volta a fechar restaurantes
2020/07/06 » Saiba como estão os planos de retomada econômica em cada estado
2020/07/06 » Saiba como funcionam os testes para detectar a covid-19
2020/07/06 » Caixa deposita saque emergencial do FGTS para nascidos em fevereiro
2020/07/03 » Com digitalização de salas de aula, pandemia acentua exclusão escolar
2020/07/03 » Conheça resultado do maior estudo sobre a covid-19 no Brasil
2020/07/03 » Rendimento médio de brasileiros cai a 82% em maio devido à covid-19
2020/07/02 » Califórnia fecha bares e restaurantes na maior parte do estado
2020/07/02 » Isolamento social pode agravar castigos e palmadas, diz pesquisa
2020/07/02 » Registro digital de veículo está disponível em todo o país
2020/07/01 » Crise causa impacto na indústria, que precisa de mudança, diz CNI
2020/07/01 » Câmara aprova concessão de crédito para pequenas empresas
2020/07/01 » Entregadores de apps fazem greve nacional nesta quarta-feira
2020/07/01 » Auxílio emergencial de R$ 600 é prorrogado por mais dois meses

Ver mais »