Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Portal é reformulado para cidadão acompanhar uso do dinheiro público via internet 13/12/2006

Brasília, 13/12/2006  - Qualquer cidadão que tenha acesso à internet pode acompanhar o uso do dinheiro público. O endereço www.portaldatransparencia.gov.br foi reformulado nesta semana e agora traz as informações de maneira mais clara e objetiva, sem necessidade de cadastro ou senha para consulta. A página existe desde 2004 e já registra mais de 433 milhões de acessos.

O ministro Jorge Hage, da Controladoria Geral da União (CGU), explicou que as reformulações incluem informações sobre a forma correta de consulta. “Temos agora a sessão explicativa, para o cidadão entender termos como 'transferências voluntárias', 'convênios', entre outros. Ainda existem explicações de cada programa do governo. Assim, o cidadão tem orientações para se tornar um fiscal do dinheiro público”, disse.

Hage acrescentou que o cidadão brasileiro tem o direito de saber como o governo gasta o dinheiro arrecadado com os impostos, e deve acompanhar esse processo. “As contas do governo não são nenhuma caixa preta. O governo federal está expondo, por exemplo, todos os convênios desde 1996 até hoje. E todos os valores repassados a cada entidade beneficiada com cada convênio. Não se tem nada a esconder. Queremos transparência absoluta”, enfatizou.

Entre as novidades da página está a Consulta por Favorecidos, que permite saber de forma detalhada a circulação dos recursos públicos federais entre empresas, órgãos federais e cidadãos. Bastar digitar o nome ou o CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou ainda o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) para obter as informações.

Também é possível pesquisar os valores das diárias pagas aos funcionários públicos, quando viajam a serviço do governo federal. E conhecer toda a destinação do dinheiro público em programas como o Bolsa Família, tanto nacional quanto local, além de valores e datas de repasses aos estados e municípios.

As informações sobre os recursos destinados aos municípios em áreas especificas – saúde e educação, por exemplo – são atualizadas mês a mês, acrescentou o ministro.

 

 

 

 

 

Agência Brasil - Juliane Sacerdote e Vladimir Platonov

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2019/12/13 » Estados Unidos e China concluem Fase 1 de acordo comercial
2019/12/13 » Grandes municípios perdem participação no PIB ano a ano, mostra IBGE
2019/12/13 » FGTS poderá distribuir mais que 50% dos lucros, informa governo
2019/12/12 » Receita faz nova operação de malha fina em empresas
2019/12/12 » Saúde amplia público para vacinas contra febre amarela e gripe
2019/12/12 » Produção de ovos de galinha bate novo recorde no país, diz IBGE
2019/12/11 » Acesso digital a serviços públicos gera economia de R$ 1,7 bi por ano
2019/12/11 » Comércio varejista registra a sexta alta consecutiva em outubro
2019/12/10 » Inflação para família de baixa renda tem alta de 0,54% em novembro
2019/12/10 » Safra de 2020 deve bater recorde e chegar a 240,9 milhões de toneladas
2019/12/10 » Mais 2 milhões de pessoas passam a ter esgoto e água potável em casa
2019/12/09 » Novas tecnologias digitais aumentam produtividade de empresas
2019/12/09 » Estimativa para inflação sobe para 3,84% este ano
2019/12/09 » Brasil e Paraguai terão livre comércio de automóveis
2019/12/09 » Brasil mantém posição no Índice de Desenvolvimento Humano em 2019
2019/12/04 » Produção industrial cresce 0,8% em outubro
2019/12/03 » Faturamento da indústria sobe 1,3% em outubro, diz CNI
2019/12/03 » Venda de veículos novos cresce 4,38% em novembro frente a 2018
2019/12/03 » Com nova revisão da balança comercial, exportações sobem US$ 6,4 bi
2019/12/03 » Balança comercial fecha novembro com menor superávit desde 2015

Ver mais »