Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Portal é reformulado para cidadão acompanhar uso do dinheiro público via internet 13/12/2006

Brasília, 13/12/2006  - Qualquer cidadão que tenha acesso à internet pode acompanhar o uso do dinheiro público. O endereço www.portaldatransparencia.gov.br foi reformulado nesta semana e agora traz as informações de maneira mais clara e objetiva, sem necessidade de cadastro ou senha para consulta. A página existe desde 2004 e já registra mais de 433 milhões de acessos.

O ministro Jorge Hage, da Controladoria Geral da União (CGU), explicou que as reformulações incluem informações sobre a forma correta de consulta. “Temos agora a sessão explicativa, para o cidadão entender termos como 'transferências voluntárias', 'convênios', entre outros. Ainda existem explicações de cada programa do governo. Assim, o cidadão tem orientações para se tornar um fiscal do dinheiro público”, disse.

Hage acrescentou que o cidadão brasileiro tem o direito de saber como o governo gasta o dinheiro arrecadado com os impostos, e deve acompanhar esse processo. “As contas do governo não são nenhuma caixa preta. O governo federal está expondo, por exemplo, todos os convênios desde 1996 até hoje. E todos os valores repassados a cada entidade beneficiada com cada convênio. Não se tem nada a esconder. Queremos transparência absoluta”, enfatizou.

Entre as novidades da página está a Consulta por Favorecidos, que permite saber de forma detalhada a circulação dos recursos públicos federais entre empresas, órgãos federais e cidadãos. Bastar digitar o nome ou o CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou ainda o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) para obter as informações.

Também é possível pesquisar os valores das diárias pagas aos funcionários públicos, quando viajam a serviço do governo federal. E conhecer toda a destinação do dinheiro público em programas como o Bolsa Família, tanto nacional quanto local, além de valores e datas de repasses aos estados e municípios.

As informações sobre os recursos destinados aos municípios em áreas especificas – saúde e educação, por exemplo – são atualizadas mês a mês, acrescentou o ministro.

 

 

 

 

 

Agência Brasil - Juliane Sacerdote e Vladimir Platonov

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2020/10/01 » Guedes diz que Brasil “volta aos trilhos” com criação de empregos
2020/10/01 » Criação de empregos em agosto atinge melhor nível em nove anos
2020/10/01 » Governo de SP assina contrato com Sinovac e prevê vacina para dezembro
2020/09/29 » CNI: confiança do empresário industrial cresce em todos os setores
2020/09/29 » Prazo de entrega da declaração do ITR acaba na quarta-feira
2020/09/29 » União libera R$ 5 bi para financiar MEI, micro e pequena empresa
2020/09/28 » Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
2020/09/28 » Petrobras inicia venda de dois campos de petróleo de águas profundas
2020/09/28 » Governo economiza R$ 1 bilhão com trabalho remoto de servidores
2020/09/25 » Projeto do Senai vai qualificar trabalhadores para a indústria 4.0
2020/09/25 » Primeiro leilão de imóveis públicos do Rio será em outubro
2020/09/25 » CMN amplia limite de renda para microcrédito a empresas
2020/09/24 » Custos industriais caem 1,5% no segundo trimestre
2020/09/24 » Ministro da Economia diz que reforma deve ter tributos alternativos
2020/09/24 » Contas externas têm saldo positivo de US$ 3,7 bilhões
2020/09/23 » Conab avalia que Brasil terá segunda maior safra de café em 2020
2020/09/23 » CNI: atividade industrial segue em recuperação com alta do emprego
2020/09/23 » Indicadores recentes sugerem recuperação parcial da economia, diz BC
2020/09/22 » Brasil terá cota adicional na exportação de açúcar aos EUA
2020/09/22 » Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais

Ver mais »