Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
População acha que ação social deve ser prioridade do governo, revela pesquisa CNI-Ibope 18/12/2006

Brasília, 18/12/2006 - Os brasileiros consideram que as ações na área social devem ser prioridades no segundo mandato do presidente Lula. É o mostra a pesquisa CNI-Ibope divulgada hoje pela Confederação Nacional da Indústria. Segundo a pesquisa, 52% dos entrevistados consideram que a área da saúde deve ganhar prioridade no segundo mandato. Em março de 2003, primeira rodada da pesquisa no governo Lula, esse índice era de 27%.

O combate ao desemprego, que em março de 2003 figurava no topo do ranking das prioridades, aparece agora em segundo lugar, com 39% das respostas. A população também considera que a área da educação deve estar entre as principais ações do governo. Entre os entrevistados, 26% consideram a educação a terceira prioridade do governo. Há quatro anos, a área aparecia em quinto lugar, com 15%.

Em terceiro lugar, aparece também o combate à violência, com 26% das respostas. A maior queda foi registrada nos itens combate à fome e à pobreza, que ficou em quarto lugar, com 16% das opiniões. Há quatro anos, o percentual era de 34%.

Levando-se em consideração a análise por regiões, o ranking apresenta mudanças. Para os entrevistados das regiões Sul e Sudeste, a ação prioritária deve ser o combate à corrupção, com 37% e 32% respectivamente. Nas regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste, 63% dos entrevistados consideram a segurança pública prioritária.

A pesquisa mostra ainda a percepção dos entrevistados sobre política e revela que 48% acompanham, em conversas com amigos, os temas dessa área. Além disso, aponta que a maioria dos entrevistados não atua em associações ou entidades. Dos entrevistados, 86% não participam de associações de moradores e 81% não são integrantes de associações profissional ou sindical. Em relação ao voto como instrumento de mudança,  51% dos entrevistados acreditam que o voto pode melhorar a vida das pessoas. Outros 47% pensam que o voto não interfere na vida.

Com relação à reforma política a pesquisa mostra que a maioria dos entrevistados, 54%, é contrária ao voto obrigatório,  mas 56% compareceriam às urnas se o sufrágio fosse facultativo.  A maioria, 77% dos entrevistados, desaprova o financiamento público das campanhas  e 52% se mostraram favoráveis à fidelidade partidária. A maioria 58% da população é favorável à reeleiçã e 38% são contrários.

A pesquisa CNI-Ibope foi feita entre 7 e 10 de dezembro com 2.002 eleitores em 141 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais e o grau de confiança é de 95%.

 

 

 

 

 

Agência CNI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2019/10/14 » Atividade econômica cresce 0,07% em agosto no Brasil
2019/10/14 » Nobel de Economia premia trio pelo combate à pobreza no mundo
2019/10/14 » Mercado financeiro reduz estimativa de inflação para 3,28% em 2019
2019/10/11 » BC dá aval para Cadastro Positivo começar a funcionar
2019/10/11 » CNI diz que PIB crescerá 0,9% este ano
2019/10/11 » Tratamento de médicos da USP faz desaparecer células de linfoma
2019/10/11 » Setor de serviços recua 0,2% de julho para agosto
2019/10/11 » Governo vai dobrar limite de compras em free shops
2019/10/11 » Dia mundial chama atenção para o estigma da obesidade
2019/10/10 » 16ª Rodada da ANP inclui áreas de elevado potencial e nova fronteira
2019/10/10 » Safra de grãos deve crescer 6,3% e fechar com recorde em 2019
2019/10/10 » Vendas do varejo sobem 0,1% de julho para agosto
2019/10/10 » IGP-M acumula inflação de 3,16% em 12 meses
2019/10/09 » Proposta de reforma do serviço público deve ser concluída este mês
2019/10/09 » Confiança do comércio tem alta de 0,1% em outubro
2019/10/09 » Índice oficial de preços tem deflação de 0,04% em setembro
2019/10/08 » Produção industrial cresce em 11 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE
2019/10/08 » Caixa anuncia redução de juros do crédito imobiliário
2019/10/08 » Inflação medida pelo IGP-DI sobe para 0,50% em setembro
2019/10/07 » Captação líquida da poupança bate recorde em setembro

Ver mais »