Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Brasil interessa a executivos de grandes corporações mundiais, diz Furlan na Suíça 26/01/2007

 

Davos (Suíça), 25/01/2007 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva manteve hoje (25) encontros com executivos de algumas das maiores corporações do mundo. Entre os 2.400 participantes do Fórum Econômico Mundial, até domingo (28) estarão na cidade cerca de mil grandes lideranças empresariais.

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, informou que Lula se reuniu com os presidentes da farmacêutica Merck & Co, da empresa de tecnologia da informação Google, e do Citigroup.

A Google, segundo Furlan, que participou das reuniões, manifestou grande entusiasmo com o país. Em algumas áreas de negócios da empresa, o crescimento é muito maior no Brasil do que nos Estados Unidos – é o caso do portal de relacionamentos Orkut. "Eles querem, inclusive, colocar recursos em programas sociais brasileiros", revelou o ministro.

Nos encontros, acrescentou, "o presidente Lula falou muito sobre inclusão digital" – é a Google quem financia o projeto de computadores a cem dólares. Lula também falou, de acordo com Furlan, sobre uma possível ajuda da Google para a conectividade na área rural, com novas tecnologias.

A Merck & Co, por sua vez, aproveitou o encontro com o presidente para anunciar que transferiu para o Brasil a coordenação de seus negócios em toda a América Latina. "Com isso, eles estarão investindo também em pesquisa e alguns novos produtos", contou Furlan.

Já os presidentes do Citigroup, Chuck Prince, e do Citibank, William Rhodes, disseram a Lula que estão muito satisfeitos com as operações no Brasil e que gostariam inclusive de ampliá-las. "Disseram que devido ao sucesso da política econômica nos últimos quatro anos, não encontram organização à venda no Brasil para poderem investir na aquisição", relatou Furlan.

De acordo com o ministro, o grupo busca parcerias no país: "Estão muito interessados em estudar as oportunidades anunciadas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ficaram particularmente interessados na constituição de fundos para pessoas físicas destinados à área de infra-estrutura com isenção de Imposto de Renda, pois eles têm uma clientela com boas condições para fazer esse tipo de investimento".

Também foi mencionada no encontro, segundo Furlan, a possibilidade de uma reunião com investidores para apresentação das oportunidades em infra-estrutura.

Ao final da reunião, Rhodes comentou sobre o PAC: "Tem muito boas idéias, tudo depende da habilidade em fazê-las". Disse ainda que o grupo está interessado em negócios na área de biocombustíveis.

Nesta sexta-feira (26), o presidente Lula terá mais dois encontros com executivos da Agility, do Kwait, e da Coca-Cola.

 

 

 

 

Agência Brasil - Mylena Fiori

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2021/04/20 » Governo destinará até R$ 15 bi para relançar BEm e Pronampe
2021/04/20 » Atividade econômica cresce 1,7% em fevereiro, diz BC
2021/04/20 » Mercado financeiro prevê inflação em 4,92% neste ano
2021/04/19 » O que é Ibovespa
2021/04/19 » Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro
2021/04/19 » Banco Central altera norma para segunda fase do open banking
2021/04/16 » Serviços registram crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/16 » LDO de 2022 destravará gastos com obras em caso de atraso no Orçamento
2021/04/16 » Projeto da LDO prevê crescimento de 2,5% para o próximo ano
2021/04/16 » Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real
2021/04/16 » Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias
2021/04/16 » IGP-10 acumula inflação de 31,74% em 12 meses, diz FGV
2021/04/15 » Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa
2021/04/15 » Indicador Antecedente tem queda de 2,2% em março, revela FGV
2021/04/15 » Vendas nos supermercados têm alta de 5,18% em fevereiro
2021/04/15 » Economia abre consulta pública para debater nova Lei de Licitações
2021/04/15 » Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
2021/04/15 » Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI
2021/04/14 » Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
2021/04/14 » Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Ver mais »