Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Taxa de desemprego tem pequena alta na região metropolitana de São Paulo, depois de cinco meses em q 01/02/2007

 

São Paulo, 31/01/2007 - A taxa de desemprego na região metropolitana de São Paulo, que estava em queda desde junho do ano passado,  teve  ligeira elevação, em dezembro último, passando de 14,1%, em novembro, para 14,2%. A  região metropolitana abrange 39 municípios. A variação corresponde a um total aproximado de 1,4 milhão de pessoas na condição de desempregadas. No último mês de 2006, existiam 14 mil mais trabalhadores fora do mercado do que no mês anterior.

Nesse período, 28 mil pessoas entraram para o mercado, o dobro do número de vagas abertas. Os dados são da pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), realizada em conjunto pela Fundação Estadual de Análise de Dados (Seade) e Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Apesar do ligeiro recuo no saldo entre a criação de novos postos, cortes e ingresso de novos concorrentes no mercado, essa região registrou aumento de 1,7% no nível de ocupação no acumulado de 2006 sobre o ano de 2005 com a oferta de 141 novas vagas.

A pesquisa indica que, em dezembro, houve relativa estabilidade no nível de ocupação, com 0,2% de alta. O comércio apresentou expansão de 3,3%, equivalente a 45 mil vagas; nos Serviços, ocorreram 0,7% a mais de contratações com  absorção de 34 mil empregados e, na indústria, o processo foi invertido, com a eliminação de 32 mil postos (- 1,8%) e em outras ocupações, com redução de 33 mil ocupações e 3,4% de queda.

 Os setores industriais que mais efetuaram cortes foram: Gráfica e papel (8,4%), Química e Borracha (8,1%) e Vestuário e Têxtil (2,7%). Já no segmento de Serviços, as maiores oportunidades de trabalho foram geradas em oficinas mecânicas (8,6%), Transportes (6,7%) e Limpeza e Outras oficinas (5,1%).

Nos últimos 12 meses, o nível de ocupação cresceu 1,8% com saldo positivo de 155 mil postos de trabalho. Na indústria, o resultado é de uma expansão de 48 mil postos (2,9%), no comércio, esse saldo acumulado é de uma retração de 0,1%, o que é entendido pelos técnicos da pesquisa como resultado indicador de estabilidade, e, em Serviços, foram criados 160 mil postos com alta de 3,6%.

De acordo com Clemente Ganz Lúcio, diretor técnico do Dieese, mais da metade das ocupações geradas (ou 54%) das chances de trabalho referem-se à empregos concentrados nos Serviços. ”São atividades oferecidas em transportes, educação, administração pública entre outras”, apontou.

De novembro a dezembro, a procura por trabalho diminuiu de 52 semanas para 51 semanas. O perfil de empregado mais requisitado é de pessoas com ensino médio completo ou superior incompleto, com predomínio das contratações de mulheres e pessoas com idade entre 25 e 39 anos.

 

 

 

 

 

Agência Brasil - Marlo Moreira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2021/04/16 » Serviços registram crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/16 » LDO de 2022 destravará gastos com obras em caso de atraso no Orçamento
2021/04/16 » Projeto da LDO prevê crescimento de 2,5% para o próximo ano
2021/04/16 » Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real
2021/04/16 » Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias
2021/04/16 » IGP-10 acumula inflação de 31,74% em 12 meses, diz FGV
2021/04/15 » Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa
2021/04/15 » Indicador Antecedente tem queda de 2,2% em março, revela FGV
2021/04/15 » Vendas nos supermercados têm alta de 5,18% em fevereiro
2021/04/15 » Economia abre consulta pública para debater nova Lei de Licitações
2021/04/15 » Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
2021/04/15 » Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI
2021/04/14 » Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
2021/04/14 » Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea
2021/04/14 » Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril, aponta Procon-SP
2021/04/14 » Comércio varejista cresce 0,6% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/13 » Calendário de restituições não muda com novo prazo do Imposto de Renda
2021/04/13 » Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 4,85% este ano
2021/04/13 » Inflação para idosos acumula taxa de 6,2% em 12 meses
2021/04/12 » Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado

Ver mais »