Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Brasil discute acordo multilateral na área de biocombustíveis 08/02/2007

 

Brasília, 8/02/2007 - O subsecretário-geral de Assuntos Políticos do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Antônio Patriota, anunciou hoje (07) que até o final do mês Brasil, Estados Unidos, China, Índia, África do Sul e representante da União Européia se reunirão para discutir cooperação multilateral na área de biocombustíveis.

De acordo com o embaixador, os países já estão elaborando um documento sobre um padrão comum para a fabricação de etanol, que deverá ser lançado em breve. “O padrão sobre etanol é justamente um dos assuntos que unem esses países em uma causa comum de fato. O debate sobre esse tema avançará sim, ainda este ano”, explicou.

Patriota se reuniu hoje com o secretário de Estado de Assuntos Políticos dos Estados Unidos, Nicholas Burns, para tratar, entre outros temas, de um acordo na área de biocombustíveis. Apesar do fim das barreiras à importação pelos americanos do álcool brasileiro não ter sido debatido, o secretário disse que pretende estreitar relações com o Brasil nessa área.

“Nós temos muitas pesquisas nos Estados Unidos sobre o uso de etanol. O que nós queremos é cooperar com o Brasil. Nós queremos estar com o Brasil’, afirmou Burns.
O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, informou que conversou com Nicholas Burns sobre a possibilidade de cooperação com os Estados Unidos para a fabricação do etanol, que atualmente produz o produto a partir do milho.

“Chamei atenção para o fato de que tem que ser uma cooperação bem estruturada para não ser uma coisa dispersa. Pode significar cooperação na área de tecnologia. Obviamente, na cana-de-açúcar, nós somos muito desenvolvidos, mas eles estão desenvolvendo também na área de celulose”, disse o chanceler brasileiro.

Amorim disse também que os Estados Unidos demonstraram interesse na criação de um mercado global de etanol. “Acho que seria bom para os Estados Unidos, do ponto de vista da energia, facilitar ao máximo o comércio de etanol”.

Para o ministro, os Estados Unidos deveriam “tratar o etanol como uma commodity energética mais do que como um produto agrícola”.

Celsom Amorim ressaltou, porém, a necessidade de que esse mercado global para o comércio de etanol atue “da maneira mais econômica possível, menos poluente possível, e que utilize melhor os recursos naturais”.

Atualmente Brasil e Estados Unidos são responsáveis por mais de 70% da produção mundial de álcool, com 35 bilhões de litros por safra.

 

 

 

 

 

Agência Brasil - Érica Santana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2020/12/04 » Receita Federal e Banco do Brasil iniciam arrecadação com Pix
2020/12/04 » Desentendimento político interrompe reforma tributária, diz Guedes
2020/12/04 » Pix tem 100 milhões de chaves registradas
2020/12/03 » Concessões de aeroportos, rodovias, portos e ferrovias entram no PPI
2020/12/03 » PPI tem 115 ativos para leilões e projetos de concessão em 2021
2020/12/03 » Venda de veículos automotores aumenta 0,45% de outubro para novembro
2020/12/03 » Produção industrial cresceu 1,1% em outubro, diz IBGE
2020/12/02 » CNI: produtividade do trabalho na indústria cresce 8% no 3º trimestre
2020/12/02 » Balança comercial registra superávit de US$ 3,73 bi em novembro
2020/12/02 » CNA prevê aumento da produção do agronegócio no próximo ano
2020/12/02 » População desocupada atinge 13,76 milhões em outubro
2020/12/01 » Ipea: investimentos têm alta de 3,5% em setembro
2020/12/01 » Contas públicas registram saldo positivo após oito meses de déficit
2020/12/01 » Estimativa do mercado financeiro para a inflação sobe para 3,54%
2020/11/30 » ANP retoma a 17ª Rodada de Licitações
2020/11/30 » Corretoras poderão atuar com pagamentos de boletos a partir de janeiro
2020/11/30 » Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV
2020/11/30 » Fiscalização do Procon-SP registra infração em 70% de lojas visitadas
2020/11/30 » Taxa de desemprego passa de 13,3% para 14,6% no terceiro trimestre
2020/11/30 » Inflação do aluguel sobe e acumula 24,52% em 12 meses

Ver mais »