Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Novo método para calcular PIB dará mais credibilidade, diz diretor da Cepal 01/03/2007

 

Brasília, 1/03/2007 - A nova metodologia a ser adotada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) para o cálculo do PIB (Produto Interno Bruto, a economia nacional) dará mais transparência e credibilidade aos números.

A opinião é do diretor da Comissão Econômica para América Latina e Caribe (Cepal), Renato Bauman. A nova metodologia inclui índices de consumo da popupalçaõ e outras informações que hoje não são consideradas.

“Os países seguem parâmetros internacionais acordado no âmbito da ONU, tanto para o cálculo do PIB quanto para as contas externas (balança de pagamentos). Há normas especificas que regulamentam isso e o que os países podem fazer é adequar essa norma conforme suas realidades".

Em entrevista ao programa Revista Brasil da Rádio Nacional, Bauman explicou que o IBGE está ampliando a cobertura sistemática, para que o valor apurado no PIB represente um reflexo mais fiel da realidade.

Sobre as críticas ao crescimento econômico do país, o diretor afirmou que a insatisfação de analistas e políticos com os índices se deve ao fato de compararem o Brasil com os outros países emergentes da Ásia e da própria América Latina.

Ele advertiu, no entanto, que essas comparações devem ser feitas com cautela, pois as economias são diferentes e representam realidades diversas. Segundo ele, um crescimento de 3% resultará em impactos diferentes dependendo da economia do país.

Para Bauman, o crescimento de 2,9% do PIB em 2006 foi baixo, quando comparado com a média da América do Sul, que ficou na casa de 5,3%, e com as necessidades da população brasileira.

“Acho que há no país uma convergência de opiniões de que é preciso um dinamismo maior, até porque o mercado internacional está oferecendo condições para isso e aparentemente não estão sendo exploradas”.

 

 

 

 

 

Agência Brasil - Marcos Agostinho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

     



Últimas

2020/12/01 » Ipea: investimentos têm alta de 3,5% em setembro
2020/12/01 » Contas públicas registram saldo positivo após oito meses de déficit
2020/12/01 » Estimativa do mercado financeiro para a inflação sobe para 3,54%
2020/11/30 » ANP retoma a 17ª Rodada de Licitações
2020/11/30 » Corretoras poderão atuar com pagamentos de boletos a partir de janeiro
2020/11/30 » Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV
2020/11/30 » Fiscalização do Procon-SP registra infração em 70% de lojas visitadas
2020/11/30 » Taxa de desemprego passa de 13,3% para 14,6% no terceiro trimestre
2020/11/30 » Inflação do aluguel sobe e acumula 24,52% em 12 meses
2020/11/27 » Volta de cobrança do IOF sobre crédito renderá cerca de R$ 2 bi
2020/11/27 » Indústrias do Mercosul e da UE pedem urgência para acordo comercial
2020/11/27 » Indústria paulista mantém expansão no ano apesar de queda em outubro
2020/11/26 » Expectativa de vida no Brasil sobe para 76,6 anos em 2019
2020/11/26 » Campos Neto: Pix vai gerar inclusão e reduzir custos para população
2020/11/26 » Vendas de máquinas e equipamentos têm alta de 16% em outubro
2020/11/25 » Anatel prevê leilão do 5G no final do primeiro semestre de 2021
2020/11/25 » Mercado de capitais analisa critérios socioambientais de empresas
2020/11/25 » Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves
2020/11/24 » Maioria dos reajustes até outubro teve ganhos reais, diz Dieese
2020/11/24 » Mercado aumenta previsão de inflação e prevê queda menor do PIB

Ver mais »