Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
IBGE modifica forma de calcular Produto Interno Bruto 05/03/2007

 

Rio de Janeiro, 5/03/2007 - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) modificou a forma como será calculado o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro (soma de tudo o que é produzido no país). O indicador é divulgado a cada três meses e começou a ser calculado na década de 1950. A última revisão de seu cálculo aconteceu em 1997.

Entre as mudanças está o uso de informações anuais da Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica, que serão repassadas ao instituto pela Receita Federal. De acordo com o coordenador de Contas Nacionais do IBGE, Roberto Olinto, isso possibilitará ampliar as fontes de informação, permitindo, por exemplo, medir o peso das instituições sem fins lucrativos na economia.

Outra novidade será o uso de informações das quatro pesquisas anuais setoriais realizadas pelo IBGE: indústria, comércio, serviços e construção civil. Além disso, o IBGE aumentará o número de atividades econômicas analisadas, que passarão de 43 para 149. O número de produtos avaliados também será ampliado de 80 para 293.

Olinto destacou que as mudanças deverão melhorar a análise sobre o desempenho da economia brasileira. “Há uma mudança que é fundamental, que é o alargamento da base de dados. Você está trabalhando não só com uma base de dados como também de forma integrada às pesquisas (do IBGE). Então, as contas nacionais passam a constituir um sistema de informação que tem uma integração desde a pesquisa básica, que vai nas empresas (coletar dados), até o seu reflexo final nas contas nacionais”, explicou.

Outras mudanças são o aperfeiçoamento das contas de governo e do setor financeiro. O IBGE utilizará a nova metodologia de cálculo do PIB para corrigir os índices de 1995 a 2005, que serão divulgados no próximo dia 21. No dia 28 de março, será a vez de divulgar novamente o PIB de 2006 já de acordo com o novo cálculo.

 

 

 

 

Agência Brasil - Vitor Abdala

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2020/12/01 » Ipea: investimentos têm alta de 3,5% em setembro
2020/12/01 » Contas públicas registram saldo positivo após oito meses de déficit
2020/12/01 » Estimativa do mercado financeiro para a inflação sobe para 3,54%
2020/11/30 » ANP retoma a 17ª Rodada de Licitações
2020/11/30 » Corretoras poderão atuar com pagamentos de boletos a partir de janeiro
2020/11/30 » Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV
2020/11/30 » Fiscalização do Procon-SP registra infração em 70% de lojas visitadas
2020/11/30 » Taxa de desemprego passa de 13,3% para 14,6% no terceiro trimestre
2020/11/30 » Inflação do aluguel sobe e acumula 24,52% em 12 meses
2020/11/27 » Volta de cobrança do IOF sobre crédito renderá cerca de R$ 2 bi
2020/11/27 » Indústrias do Mercosul e da UE pedem urgência para acordo comercial
2020/11/27 » Indústria paulista mantém expansão no ano apesar de queda em outubro
2020/11/26 » Expectativa de vida no Brasil sobe para 76,6 anos em 2019
2020/11/26 » Campos Neto: Pix vai gerar inclusão e reduzir custos para população
2020/11/26 » Vendas de máquinas e equipamentos têm alta de 16% em outubro
2020/11/25 » Anatel prevê leilão do 5G no final do primeiro semestre de 2021
2020/11/25 » Mercado de capitais analisa critérios socioambientais de empresas
2020/11/25 » Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves
2020/11/24 » Maioria dos reajustes até outubro teve ganhos reais, diz Dieese
2020/11/24 » Mercado aumenta previsão de inflação e prevê queda menor do PIB

Ver mais »