Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Pesquisa do BC sinaliza leve melhora no crescimento da economia 02/04/2007

 

Brasília, 2/04/2007 - Depois de seis meses estabilizada em 3,50%, a perspectiva de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma das riquezas produzidas no país, dá sinais de aumento.

De acordo com pesquisa do Banco Central com uma centena de analistas de mercado e de instituições financeiras, na última sexta-feira (30), a projeção de aumento do PIB deste ano passou para 3,51%. Para o ano que vem a estimativa cresceu de 3,55% para 3,60%.

Os números constam do Boletim Focus, divulgado hoje (02) pelo BC, com os resultados da pesquisa sobre tendências do mercado para os principais indicadores da economia.

O documento mostra, por exemplo, que a relação entre dívida líquida do setor público e PIB, neste ano, deve cair da projeção anterior, de 48,52%, para 48,40%; e que, em 2008, a relação dívida/PIB deve ceder de 46,50%, na semana passada, para 45,40%.

A pesquisa mostrou pequena redução na expectativa de saldo comercial (exportações menos importações) no ano. A estimativa anterior, de US$ 39,60 bilhões, baixou para US$ 39,45 bilhões. Em sentido contrário, o cálculo de saldo de US$ 35 bilhões em 2008 aumentou para US$ 36 bilhões.

Os números permitem projetar US$ 8 bilhões para este ano no saldo de conta corrente, que envolve todas as transações comerciais e financeiras com o exterior.

As projeções são de que a cotação do dólar norte-americano termine o ano em R$ 2,11 (R$ 2,12 na estimativa da pesquisa anterior) e chegue ao final de 2008 cotado a R$ 2,20.

A pesquisa constatou, também, que a projeção da taxa básica de juros (Selic), atualmente de 12,75% ao ano, é de 12,50% na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) de abril. Os especialistas consultados apostam que a Selic continue caindo, gradativamente, até chegar ao final de 2007 em 11,50%; com possibilidade de ceder para 10,50% no final de 2008.

 

 

 

 

Agência Brasil - Stênio Ribeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2020/04/07 » Autônomo pode baixar aplicativo a partir de hoje para renda de R$ 600
2020/04/07 » OMS alerta sobre afrouxar medidas contra coronavírus cedo demais
2020/04/07 » Ministério define novas orientações sobre distanciamento social
2020/04/06 » Saiba como cadastrar e usar a CNH digital
2020/04/06 » MEC autoriza antecipar formatura de alunos da área de saúde
2020/04/06 » Mercado financeiro prevê queda de 1,18% da economia este ano
2020/04/06 » ONU pede proteção a mulheres e crianças vítimas de violência doméstica
2020/04/06 » Cidades com mais de 50 mil habitantes começam a usar pregão eletrônico
2020/04/06 » Aplicativos devem garantir assistência a entregadores de alimentos
2020/04/03 » Governo zera impostos de produtos usados no combate ao coronavírus
2020/04/03 » Novo coronavírus traz novos desafios para cuidadores de idosos
2020/04/02 » Auxílio emergencial é publicado e governo abre crédito de R$ 98 bi
2020/04/02 » Medidas contra coronavírus custarão R$ 224,6 bi para o governo
2020/04/02 » Cientistas chineses anunciam descoberta contra covid-19
2020/04/02 » Covid-19: governo aprova medidas para área da assistência social
2020/04/02 » Senado aprova extensão de auxílio de R$ 600 a mais de 30 categorias
2020/04/02 » Bolsonaro sanciona MP da renda básica emergencial
2020/04/02 » Empresas têm 30 dias para se cadastrar na plataforma consumidor.gov.br
2020/04/02 » Governo prorroga prazo de entrega da declaração do IR por dois meses
2020/04/01 » Governo anuncia R$ 200 bilhões para socorrer trabalhadores e empresas

Ver mais »