Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Quase 90% das negociações salariais tiveram reajustes acima da inflação, diz Dieese 17/08/2007

 

Rio de Janeiro, 17/08/2007 - Os trabalhadores brasileiros tiveram resultados positivos nas negociações salariais do primeiro semestre do ano.

Segundo o levantamento divulgado hoje (17) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), dentre as 280 negociações analisadas, 88% resultaram em aumentos iguais ou superiores à inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Os acordos e convenções coletivas foram mais favoráveis que os registrados em 2006, quando o percentual de reajuste salarial acima da inflação foi de 82%.

Em 60% dos casos, os ganhos reais (que ultrapassam a inflação) ficaram acima de 1%.

Para o supervisor do Dieese no Rio de Janeiro, Paulo Jager, resultados melhores em negociações entre patrões e empregados estão relacionados com controle da inflação e com o crescimento da economia do país, ainda que em níveis abaixo do esperado.

“Só nos últimos anos a inflação deu espaço para que fosse possível negociar ganhos reais em vez de apenas recompor perdas salariais. Por outro lado, a economia, apesar de ter um crescimento abaixo do que a gente gostaria, vem crescendo. Esses efeitos são cumulativos: há três anos tem-se aumento da atividade econômica e no primeiro semestre de 2007 houve uma aceleração. Isso acaba se refletindo nas negociações”. Segundo ele, percentuais de aumento acima da inflação não resolvem os problemas dos trabalhadores, já que são aplicados sobre salários baixos, e só ao longo do tempo haverá um impacto maior na remuneração.

“Os salários são muitos baixos e o impacto desses ganhos reais não vai resolver a situação de penúria de alguns trabalhadores. Não quero dizer com isso que os ganhos reais não sejam importantes. Com uma economia com preços razoavelmente controlados, ao longo do tempo isso faz surgir um efeito importante”.

De acordo com o Dieese, os trabalhadores da indústria foram os que tiveram as melhores negociações salariais no semestre. Em 93% foram garantidos reajustes acima da inflação, com até 3% de ganho real nos salários. Segundo Jager, os números refletem o aumento do dinamismo da produção industrial de janeiro a junho.

No comércio, 85% dos reajustes ultrapassaram a taxa de inflação. No setor de serviços, o percentual foi de 82%.

De acordo com o supervisor do Dieese, as Regiões Norte e Nordeste tiveram acordos influenciados positivamente pelo aumento do salário mínimo nacional.

“Em geral, os salários pagos nestas regiões são mais baixos, por isso elas são mais afetadas pela elevação do salário mínimo, que tem crescido em percentuais consideráveis. Muitas vezes ele até arrasta os salários, já que ninguém pode receber menos que o mínimo, e quem está próximo dele tem um argumento forte para reivindicar alguma coisa diferente, é uma espécie de farol nas negociações".

O levantamento também mostrou que, em 97% dos casos, os aumentos salariais foram pagos de uma única vez.

 

 

 

 

 

Agência Brasil - Adriana Brendler

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2021/01/22 » Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
2021/01/22 » Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
2021/01/22 » Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
2021/01/21 » Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
2021/01/21 » Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
2021/01/21 » Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC
2021/01/20 » Confiança do empresário do comércio cai 2,2% em janeiro, diz CNC
2021/01/19 » CNI: faturamento da indústria cai pela primeira vez em sete meses
2021/01/19 » Produção de aço caiu 4,9% em 2020, informa o Instituto Aço Brasil
2021/01/19 » Atividade econômica tem alta de 0,59% em novembro, diz Banco Central
2021/01/19 » Atividade industrial desacelera em novembro de 2020
2021/01/18 » Saiba o que é a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
2021/01/18 » China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
2021/01/18 » Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões
2021/01/15 » MPT abre inquéritos para avaliar danos sociais do fechamento da Ford
2021/01/15 » BNDES financia segunda usina termelétrica no Porto do Açu
2021/01/15 » IBGE: indústria cresce em dez dos 15 locais pesquisados em novembro
2021/01/14 » Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020

Ver mais »