Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Especialistas projetam estabilidade na balança comercial e na produção da indústria 24/09/2007

 

Brasília, 24/09/2007 - Os principais indicadores da economia mostram tendência estável, como revela pesquisa que o Banco Central realizou com uma centena de analistas de mercado e de instituições financeiras, na última sexta-feira (21). O resultado consta do Boletim Focus, distribuído hoje (24) pelo BC.

Os analistas de mercado corrigiram levemente a expectativa de crescimento da produção industrial no ano. A previsão de 4,94%, na semana anterior, passou  para 4,97%. Eles mantiveram, contudo, a estimativa de 4,70% para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma das riquezas produzidas no país em 2007.

A pesquisa manteve a projeção de 43,54% para a equivalência da dívida líquida do setor público em relação ao PIB, no encerramento deste ano, com redução para 42% até o final de 2008. Isso significa dizer que mais de 40% de tudo que o país produz está comprometido com o pagamento da dívida pública, mas essa relação dívida/PIB, que já chegou a 57%, vem caindo gradativamente há quatro anos.

Os analistas mantiveram a estimativa de US$ 42 bilhões para o saldo comercial (exportações menos importações) deste ano, e reduziram de US$ 35,65 bilhões para US$ 35 bilhões a expectativa de saldo comercial para 2008. Com isso, a perspectiva de US$ 10,50 bilhões neste ano para o saldo de conta corrente, que envolve todas as transações comerciais e financeiras com o exterior, deve cair para US$ 4,13 bilhões em 2008.

São projeções de um cenário de mercado no qual a cotação do dólar termine este ano em R$ 1,90 e chegue ao final de 2008 em R$ 1,94, ao mesmo tempo em que a taxa básica de juros (Selic) encerre 2007 em 11% ao ano e ceda para 10,25% até o final do ano que vem, ante expectativa anterior de 10%. Estão, portanto, menos otimistas com relação à redução dos juros no médio e longo prazos.

 

 

 

 

Agência Brasil - Stênio Ribeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2019/11/14 » Atividade econômica cresce 0,91% no terceiro trimestre
2019/11/14 » Caixa e BB iniciam quinta fase de pagamento de abono do PIS/Pasep
2019/11/14 » Reformas vão tornar Brasil mais atrativo a negócios, diz Bolsonaro
2019/11/14 » Reformas vão tornar Brasil mais atrativo a negócios, diz Bolsonaro
2019/11/13 » Privatização da Eletrobras deve reduzir tarifas para os consumidores
2019/11/13 » Caixa reduz para 4,99% a taxa de juros do cheque especial
2019/11/13 » Ministro diz que reforma da Previdência já atrai investidores
2019/11/12 » Setor de serviços cresce 1,2% em setembro, aponta IBGE
2019/11/12 » Cresce apoio do BNDES a projetos de micro, pequenas e médias empresas
2019/11/12 » Países do Brics buscam investimentos privados para infraestrutura
2019/11/12 » Faturamento do mercado de seguros cresceu 18,6% em setembro
2019/11/11 » Brics fomenta cooperação entre economias emergentes há 13 anos
2019/11/11 » Impostos dificultam pequenos e médios negócios, dizem empresários
2019/11/11 » IBGE revisa PIB de 2017 de 1% para 1,3%
2019/11/08 » Indicador da FGV mostra dificuldade de reação do mercado de trabalho
2019/11/08 » Petrobras recebe oferta de R$ 3,7 bilhões por Liquigás Distribuidora
2019/11/08 » Governo aumenta projeção de crescimento do PIB para 0,90%
2019/11/07 » Inflação de outubro é a menor para o mês desde 1998
2019/11/07 » Índice que serve de base para reajuste salarial tem variação de 2,76%
2019/11/07 » Seis em cada 10 empresários querem investir, mostra pesquisa do Sebrae

Ver mais »