Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Especialistas projetam estabilidade na balança comercial e na produção da indústria 24/09/2007

 

Brasília, 24/09/2007 - Os principais indicadores da economia mostram tendência estável, como revela pesquisa que o Banco Central realizou com uma centena de analistas de mercado e de instituições financeiras, na última sexta-feira (21). O resultado consta do Boletim Focus, distribuído hoje (24) pelo BC.

Os analistas de mercado corrigiram levemente a expectativa de crescimento da produção industrial no ano. A previsão de 4,94%, na semana anterior, passou  para 4,97%. Eles mantiveram, contudo, a estimativa de 4,70% para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma das riquezas produzidas no país em 2007.

A pesquisa manteve a projeção de 43,54% para a equivalência da dívida líquida do setor público em relação ao PIB, no encerramento deste ano, com redução para 42% até o final de 2008. Isso significa dizer que mais de 40% de tudo que o país produz está comprometido com o pagamento da dívida pública, mas essa relação dívida/PIB, que já chegou a 57%, vem caindo gradativamente há quatro anos.

Os analistas mantiveram a estimativa de US$ 42 bilhões para o saldo comercial (exportações menos importações) deste ano, e reduziram de US$ 35,65 bilhões para US$ 35 bilhões a expectativa de saldo comercial para 2008. Com isso, a perspectiva de US$ 10,50 bilhões neste ano para o saldo de conta corrente, que envolve todas as transações comerciais e financeiras com o exterior, deve cair para US$ 4,13 bilhões em 2008.

São projeções de um cenário de mercado no qual a cotação do dólar termine este ano em R$ 1,90 e chegue ao final de 2008 em R$ 1,94, ao mesmo tempo em que a taxa básica de juros (Selic) encerre 2007 em 11% ao ano e ceda para 10,25% até o final do ano que vem, ante expectativa anterior de 10%. Estão, portanto, menos otimistas com relação à redução dos juros no médio e longo prazos.

 

 

 

 

Agência Brasil - Stênio Ribeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2020/02/14 » Atividade econômica cresce 0,89% em 2019
2020/02/14 » Cerca de 25% dos desempregados procuram emprego há mais de dois anos
2020/02/14 » Taxa de desemprego cai em 16 estados, revela IBGE
2020/02/13 » Abate de bovinos cai e o de suínos e frangos sobe no último trimestre
2020/02/13 » Setor de Serviços fecha 2019 com crescimento de 1%
2020/02/13 » Coronavírus: subida exponencial de mortes e casos. O que mudou?
2020/02/12 » Comércio varejista fecha ano com alta de 1,8% nas vendas
2020/02/12 » Embrapa cria cenoura que dispensa agrotóxico
2020/02/12 » Conselho da Amazônia vai unificar ações do governo, diz Mourão
2020/02/11 » OMS nomeia infecção por coronavírus de Covid-19
2020/02/11 » Inflação do aluguel é de 6,86% em 12 meses
2020/02/11 » Portaria com novos valores dos benefícios do INSS é publicada no DO
2020/02/10 » Bombeiros recebem mais de 7 mil chamados devido às chuvas em São Paulo
2020/02/10 » Brasil e Japão assinam memorando para estimular judô nas escolas
2020/02/10 » Serviço Não Perturbe dos bancos começa a funcionar nesta quinta-feira
2020/02/07 » Governo prevê investimento de R$30 bi em ferrovias nos próximos 5 anos
2020/02/07 » Dólar passa de R$ 4,28 e fecha no maior nível desde criação do real
2020/02/07 » Fundos de pensão fecham 2019 com rentabilidade de 13,06%, diz Abrapp
2020/02/06 » Indicadores de mercado de trabalho iniciam 2020 com melhora
2020/02/06 » Reformas trarão mais queda de juros, afirma CNI

Ver mais »