Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Dívida líquida do setor público caiu R$ 8,6 bilhões em agosto 26/09/2007

 

Brasília, 26/09/2007 - A dívida líquida do setor público encolheu R$ 8,669 bilhões no mês de agosto, como resultado principalmente da desvalorização cambial de 4,5% no mês, de acordo com o Relatório de Política Fiscal divulgado hoje (26) pelo chefe do Departamento Econômico do Banco Central (Depec), Altamir Lopes.

A dívida líquida, que tinha atingido R$ 1,104 trilhão em julho, caiu para R$ 1,096 trilhão, o que significa redução de 44% para 43,1% do Produto Interno Bruto (PIB) - soma das riquezas produzidas no país -, que nos últimos 12 meses foram estimadas em R$ 2,541 trilhões.

Altamir Lopes informou que a dívida líquida teve queda equivalente a 1,8 ponto percentual do PIB, em relação ao balanço de dezembro do ano passado, resultado direto da economia que União, estados, municípios e empresas estatais fizeram para pagar os juros da dívida  - conhecida como superávit primário - e da própria valorização do PIB.

O superávit primário, que no ano soma R$ 87,7 bilhões, contribuiu com 3,4 pontos percentuais do PIB, enquanto os efeitos do crescimento do PIB valorizado adicionaram 2,9 pontos percentuais. Isso compensou, com sobra, segundo Altamir Lopes, o aumento de 4,1 pontos percentuais com juros, equivalentes a R$ 104,3 bilhões, e o ajuste de 0,3 ponto percentual por conta valorização acumulada de 8,2% do real em relação ao dólar.

A maior parte da dívida líquida, R$ 765,457 bilhões, é de responsabilidade do governo federal, enquanto os estados devem R$ 310,436 bilhões e os municípios R$ 48,028 bilhões. A esse passivo somam-se, ainda, R$ 13,999 bilhões de ajustes patrimoniais do BC.

O documento do BC mostra que, ao contrário da dívida líquida, houve crescimento de 0,4 ponto percentual do PIB na dívida bruta do governo, aí incluindo o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), estados e municípios. No todo, a dívida que em julho era de R$ 1,617 trilhão (64,4% do PIB) aumentou para R$ 1,646 trilhão (64,8% do PIB).

 

 

 

 

Agência Brasil - Stênio Ribeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2020/05/22 » Receita inicia hoje consulta ao primeiro lote do Imposto de Renda
2020/05/22 » Receita lança aplicativo CPF Digital
2020/05/22 » Especialistas alertam sobre sintomas menos comuns da covid-19
2020/05/19 » Tabagismo e coronavírus são combinação catastrófica, diz fundação
2020/05/19 » Vacina para covid-19 mostra resultado promissor
2020/05/19 » Alívio no mercado externo faz dólar cair para R$ 5,72
2020/05/18 » Critérios e avaliações na recuperação de covid-19
2020/05/18 » Veja como será o pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial
2020/05/18 » Dataprev aprova auxílio emergencial para 8,3 milhões de brasileiros
2020/05/15 » Anistia Internacional lança campanha sobre grupos carentes no Brasil
2020/05/15 » Clientes podem acessar serviços públicos com senha do Banco do Brasil
2020/05/15 » Governo prorroga prazo de entrega da declaração do IR por dois meses
2020/05/14 » Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante pandemia
2020/05/14 » Com pandemia, 76% do setor industrial reduziu produção
2020/05/14 » Estudo da Unicamp indica lockdown em SP se isolamento não aumentar
2020/05/13 » Maioria dos governadores manterá academias e salões fechados
2020/05/13 » Programa de redução de salário preserva mais de 7 milhões de empregos
2020/05/13 » Justiça determina que bancos esclareçam propaganda enganosa
2020/05/12 » Ministério da Saúde propõe novas diretrizes para distanciamento social
2020/05/12 » Covid-19: Brasil tem 168 mil casos confirmados e 11,5 mil mortes

Ver mais »