Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Estudo aponta melhora nos indicadores sociais de municípios 12/02/2008

 

Brasília, 11/02/2008 - Os 30 municípios com melhor desempenho medido pelo Índice de Responsabilidade Fiscal, Social e de Gestão (IRFS) ficam nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

E nenhum deles é capital, segundo estudo divulgado hoje (11) pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

"As capitais geralmente são municípios muito antigos, que possuem problemas estruturais muito sérios, inclusive de endividamento", informou Paulo Ziulkoski, presidente da CNM.

Orindilva, em São Paulo, lidera a classificação geral, seguido por Tupandi (RS), Valentim Gentil (SP), Poços de Caldas (MG) e Boa Vista do Sul (RS). O estudo foi feito com dados de 2006 do Tesouro Nacional e dos Ministérios da Saúde e da Educação, abrangendo 4.938 municípios.

Segundo Ziulkoski, o índice aponta para um balanço positivo da gestão, "principalmente na área social, onde se registrou um avanço muito grande".

Dos oito indicadores relativos à área social do IRFS, seis apresentaram crescimento em relação a 2005, especialmente o número de professores com curso superior, que subiu de 29,85% para 56,36%. A taxa de mortalidade infantil caiu de 18,44 por mil para 17,34 por mil nascidos vivos. E os gastos com saúde aumentaram de 15,08% para 19,14% da receita líquida.

O estudo verificou, no entanto, aumento no custo das Câmaras de Vereadores, que em 2005 consumiam 4,23% da receita líquida dos municípios e em 2006 passaram a custar 4,43%. Esse indicador pesou negativamente no item responsabilidade de gestão.

Os indicadores apurados dividem-se em três áreas: fiscal, que inclui endividamento, suficiência de caixa, gasto com pessoal e superávit primário; gestão, com custeio da máquina, grau de investimento, custo legislativo e custo per capita legislativo; e social, abrangendo gastos com educação (matriculados/população, professores de nível superior e taxa de abandono escolar) e gastos com saúde (cobertura vacinal, mortalidade infantil e média de consultas médicas).

 

 

 

 

Agência Brasil - Daniel Mello

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2020/10/26 » Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
2020/10/26 » Petrobras inicia venda de campos terrestres em Sergipe
2020/10/26 » Banco Central registra recorde de remessas de dólares para o Brasil
2020/10/23 » Ministério da Infraestrutura entregará planos de logística até 2050
2020/10/23 » OMS: risco de pegar covid-19 em aviões é "muito baixo", mas não zero
2020/10/23 » Cresce pauta sobre home office nas negociações trabalhistas
2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos
2020/10/22 » Opas: América Latina não deve relaxar enfrentamento à pandemia
2020/10/22 » Faturamento do setor de turismo no Brasil tem redução de 33,6% em 2020
2020/10/21 » Setor mineral brasileiro tem resultado positivo no 3º trimestre
2020/10/21 » Decreto inclui Linha 2 do metrô de BH em programa de privatizações
2020/10/21 » Não investir no Brasil será um grande erro, afirma ministro
2020/10/21 » Inflação do aluguel sobe de 18,20% para 20,56% em 12 meses
2020/10/20 » Pacote comercial abre caminho para acordo mais amplo, diz governo
2020/10/20 » SP:acordo da ANTT permite investimento de R$ 6 bi em malha ferroviária
2020/10/20 » Como fazer a amortização do FGTS pelo celular
2020/10/19 » Comércio eletrônico e delivery aumentam consumo de embalagens
2020/10/19 » Doria apresenta plano de retomada econômica de São Paulo
2020/10/19 » Produção brasileira de aço cresce 7,5% em setembro
2020/10/16 » Indicador antecedente da economia brasileira cresce 1,2% em setembro

Ver mais »