Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Exportações de gemas e jóias devem crescer 33% este ano, prevê cadeia produtiva 11/06/2008

 

Rio de Janeiro, 10/06/2008 - Ao contrário  do setor têxtil e de vestuário, que prevê déficit este ano na balança comercial de até US$ 1,8 bilhão em função do câmbio, a cadeia  produtiva  de gemas e jóias do Brasil  estima exportar em 2008 US$ 1,5 bilhão, o que representará crescimento de 33% em relação a 2007. No setor de maior valor agregado, que abrange jóias folheadas e de ouro, o crescimento estimado é de 20%.

Na avaliação do presidente do Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBMG), Hécliton  Santini, o resultado  decorre em grande parte do trabalho que vem sendo realizado em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil) e também devido ao aumento do preço do ouro no mercado internacional, refletindo em crescimento do preço das jóias  e dos componentes.

“Esse aumento de 33% é fruto de duas vertentes principais. O esforço de exportação que estamos desenvolvendo, inclusive com a abertura de novos mercados, como a Rússia e os países árabes,  e também pelo preço do ouro”, salientou. Junto com a China, esses são os países que mais têm elevado as importações  de gemas e jóias.

O aumento das exportações para esses destinos novos e o foco na América Latina compensaram a queda das exportações previstas este ano para Estados Unidos e Europa, informou. “Nós vamos compensar essa perda em novos mercados.”

Hécliton Santini revelou que atualmente o produto brasileiro mais procurado no exterior é a jóia, graças à incorporação de um design diferenciado, criativo e alegre,  que tem tido bom reconhecimento internacional. Ele explicou que como a jóia, além de agregar esses valores,  também agrega mais mão-de-obra,  mais tecnologia e mais renda, o esforço maior do setor é para a exportação de jóias, em detrimento de outros produtos com menor valor agregado.

Toda a estratégia  de posicionamento  das jóias brasileiras no mercado exterior está centrada no desenho industrial. “O Brasil ganha prêmios internacionais todo ano. E o desenho de jóias tem feito realmente o diferencial.  E isso faz com que  o produto de maior valor agregado encontre mercado e a gente deixe de competir pelo preço e passe a competir  pela qualidade e pela criatividade”.

O IBGM participou hoje da abertura da exposição Brasil Fashion, da Apex Brasil e de entidades setoriais ligadas à moda, na bolsa de negócios Fashion Business, que ocorre em paralelo ao evento Fashion Rio e integra o calendário nacional oficial da moda.

Embora haja diversificação entre os produtores nacionais, Santini revelou que  a maior concentração dos exportadores de gemas e jóias do Brasil  está no eixo Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. O setor  tem uma participação ainda reduzida no Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma das riquezas produzidas no país. “É menos de 1%”, informou Santini. A idéia, porém, é elevar essa participação e agregar mais valor à cadeia produtiva. “O PIB está crescendo bastante e a gente tem que acompanhar esse crescimento”, observou.

 

 

 

 

Agência Brasil - Alana Gandra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2020/07/16 » Covid-19: 80% dos executivos no país esperam queda na receita em 2020
2020/07/16 » Cartórios passam a monitorar violência patrimonial contra idosos
2020/07/16 » Saiba como fazer o teste diagnóstico de covid-19 pelo plano de saúde
2020/07/14 » Parcela de petróleo da União por contratos de partilha cresce 50%
2020/07/14 » UFMG faz campanha para ampliar acesso de alunos a aulas remotas
2020/07/14 » Setor de segurança tem alta de 40% na busca por tecnologia inteligente
2020/07/13 » Saiba como funciona o ITBI
2020/07/13 » Estatuto da Criança e do Adolescente completa 30 anos
2020/07/13 » Caixa inclui custo com cartório e ITBI em financiamento imobiliário
2020/07/10 » Covid-19: pessoas com sintomas devem procurar atendimento imediato
2020/07/10 » ONU pede fim do financiamento ao carvão e apoio à energia renovável
2020/07/10 » OMS quer mais evidências sobre transmissão da covid-19 pelo ar
2020/07/09 » Novo site simplifica adesão ao acordo dos planos econômicos
2020/07/09 » Sebrae: cresce interesse por cursos a distância para empreender
2020/07/09 » Pandemia causou impacto em 57% das companhias exportadoras, revela CNI
2020/07/09 » Estimativa de junho prevê safra recorde de 247,4 milhões de toneladas
2020/07/09 » MEC anuncia que Enem será em 17 e 24 de janeiro de 2021
2020/07/08 » Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante pandemia
2020/07/08 » Câmara aprova MP que suspende cumprimento mínimo de dias letivos
2020/07/08 » Câmara aprova MP que permite reembolso de passagem aérea em até um ano

Ver mais »