Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Receita líquida das pequenas empresas cresceu 1,3% entre 2005 e 2006 13/06/2008

 

Rio de Janeiro, 13/06/2008 - As empresas do comércio que empregam até 19 pessoas aumentaram a receita operacional líquida, entre 2005 e 2006, em 1,3%. Com a elevação de 28,6% para 29,9%, as empresas menores ultrapassaram as instituições com até 500 pessoas ocupadas, que, ao contrário, reduziram sua participação de 29,9% para 29,2% no mesmo período.

As informações são da Pesquisa Anual do Comércio, divulgada hoje (13), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com os dados, as empresas de menor porte concentraram 45,9% do total de receita operacional líquida do setor (arrecadação bruta diminuída de impostos, contribuições, abatimentos e descontos). Elas também lideraram o volume pago em salários e outras remunerações (55,9%), de pessoal ocupado (68,7%) e de número de empresas (98,3%) do comércio.

De acordo com o economista da Federação do Comércio do Rio de Janeiro (Fecomércio) Christian Travassos, os números ressaltam a importância das empresas de menor porte na economia do país.

"É um retrato da importância econômica de um segmento que emprega tantos brasileiros e gera tanta riqueza para a sociedade, não apenas monetária, mas social. As pequenas empresas também contribuem para a segurança para a estabilidade social", afirmou. 

A pesquisa também apontou que as empresas de menor porte eram predominantes tanto no comércio varejista – representando 98,3% do total – quanto no atacadista, em que a participação alcança 91,6%.  No varejo, essas empresas  empregaram 68,7% das pessoas e no atacado, 37,7%.

Por outro lado, as empresas com pelo menos 500 empregados (0,1% do total) tiveram maior participação na geração de receita operacional líquida (37,3%) e no pagamento de salários (24,8%).

Já no ramo de comércio de veículos, peças e motocicletas, que é analisado separadamente pelo estudo, as pequenas reuniram 97,1% do total de empresas, 62,7% do pessoal ocupado e 41,5% das remunerações.

 

 

 

 

 

Agência Brasil - Thaís Leitão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2020/02/17 » Associação alerta motoristas sobre riscos no trânsito durante carnaval
2020/02/17 » Estimativa do mercado financeiro para inflação cai para 3,22%
2020/02/17 » Começam a valer medidas da Caixa para estimular construção civil
2020/02/14 » Atividade econômica cresce 0,89% em 2019
2020/02/14 » Cerca de 25% dos desempregados procuram emprego há mais de dois anos
2020/02/14 » Taxa de desemprego cai em 16 estados, revela IBGE
2020/02/13 » Abate de bovinos cai e o de suínos e frangos sobe no último trimestre
2020/02/13 » Setor de Serviços fecha 2019 com crescimento de 1%
2020/02/13 » Coronavírus: subida exponencial de mortes e casos. O que mudou?
2020/02/12 » Comércio varejista fecha ano com alta de 1,8% nas vendas
2020/02/12 » Embrapa cria cenoura que dispensa agrotóxico
2020/02/12 » Conselho da Amazônia vai unificar ações do governo, diz Mourão
2020/02/11 » OMS nomeia infecção por coronavírus de Covid-19
2020/02/11 » Inflação do aluguel é de 6,86% em 12 meses
2020/02/11 » Portaria com novos valores dos benefícios do INSS é publicada no DO
2020/02/10 » Bombeiros recebem mais de 7 mil chamados devido às chuvas em São Paulo
2020/02/10 » Brasil e Japão assinam memorando para estimular judô nas escolas
2020/02/10 » Serviço Não Perturbe dos bancos começa a funcionar nesta quinta-feira
2020/02/07 » Governo prevê investimento de R$30 bi em ferrovias nos próximos 5 anos
2020/02/07 » Dólar passa de R$ 4,28 e fecha no maior nível desde criação do real

Ver mais »