Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Receita líquida das pequenas empresas cresceu 1,3% entre 2005 e 2006 13/06/2008

 

Rio de Janeiro, 13/06/2008 - As empresas do comércio que empregam até 19 pessoas aumentaram a receita operacional líquida, entre 2005 e 2006, em 1,3%. Com a elevação de 28,6% para 29,9%, as empresas menores ultrapassaram as instituições com até 500 pessoas ocupadas, que, ao contrário, reduziram sua participação de 29,9% para 29,2% no mesmo período.

As informações são da Pesquisa Anual do Comércio, divulgada hoje (13), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com os dados, as empresas de menor porte concentraram 45,9% do total de receita operacional líquida do setor (arrecadação bruta diminuída de impostos, contribuições, abatimentos e descontos). Elas também lideraram o volume pago em salários e outras remunerações (55,9%), de pessoal ocupado (68,7%) e de número de empresas (98,3%) do comércio.

De acordo com o economista da Federação do Comércio do Rio de Janeiro (Fecomércio) Christian Travassos, os números ressaltam a importância das empresas de menor porte na economia do país.

"É um retrato da importância econômica de um segmento que emprega tantos brasileiros e gera tanta riqueza para a sociedade, não apenas monetária, mas social. As pequenas empresas também contribuem para a segurança para a estabilidade social", afirmou. 

A pesquisa também apontou que as empresas de menor porte eram predominantes tanto no comércio varejista – representando 98,3% do total – quanto no atacadista, em que a participação alcança 91,6%.  No varejo, essas empresas  empregaram 68,7% das pessoas e no atacado, 37,7%.

Por outro lado, as empresas com pelo menos 500 empregados (0,1% do total) tiveram maior participação na geração de receita operacional líquida (37,3%) e no pagamento de salários (24,8%).

Já no ramo de comércio de veículos, peças e motocicletas, que é analisado separadamente pelo estudo, as pequenas reuniram 97,1% do total de empresas, 62,7% do pessoal ocupado e 41,5% das remunerações.

 

 

 

 

 

Agência Brasil - Thaís Leitão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Últimas

2020/09/25 » Projeto do Senai vai qualificar trabalhadores para a indústria 4.0
2020/09/25 » Primeiro leilão de imóveis públicos do Rio será em outubro
2020/09/25 » CMN amplia limite de renda para microcrédito a empresas
2020/09/24 » Custos industriais caem 1,5% no segundo trimestre
2020/09/24 » Ministro da Economia diz que reforma deve ter tributos alternativos
2020/09/24 » Contas externas têm saldo positivo de US$ 3,7 bilhões
2020/09/23 » Conab avalia que Brasil terá segunda maior safra de café em 2020
2020/09/23 » CNI: atividade industrial segue em recuperação com alta do emprego
2020/09/23 » Indicadores recentes sugerem recuperação parcial da economia, diz BC
2020/09/22 » Brasil terá cota adicional na exportação de açúcar aos EUA
2020/09/22 » Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais
2020/09/22 » Mercado financeiro reduz projeção de queda da economia para 5,05%
2020/09/21 » Turismo: metade das operadoras vende viagens para novembro e dezembro
2020/09/21 » Covid-19: maioria dos estados segue sem aulas presenciais
2020/09/21 » O que é o Sistema S?
2020/09/18 » Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor
2020/09/18 » Confiança do empresário do comércio tem alta recorde em setembro
2020/09/18 » IBGE: desemprego na pandemia atinge maior patamar em agosto
2020/09/18 » CNI apresenta propostas para retomada da economia
2020/09/18 » Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses

Ver mais »