Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Receita registra em 2008 recorde de apreensão de produtos ilegais vindos do Paraguai 12/01/2009

 

Curitiba, 12/01/2009 - A Receita Federal apreendeu US$ 81,98 milhões em mercadorias contrabandeadas do Paraguai em 2008. O valor se refere a equipamentos ilegais que teriam entrado no país pela Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu. O balanço, divulgado hoje (12) pela assessoria da Delegacia da Receita Federal do Brasil, mostra que houve um aumento de 6% em relação ao registrado em 2007. Segundo a assessora da Receita na fronteira, Christiane Larcher, trata-se de um recorde de apreensões – maior volume registrado até agora – atribuído ao aumento na fiscalização na área de fronteira.

Os veículos lideram a lista de apreensões com num total de 3.075 unidades, avaliadas em US$ 29,93 milhões, o que corresponde a um aumento de 27% em relação ao ano passado.

Nos anos de 2006 e 2007, os brinquedos apresentaram queda no número de retenções. Em 2008 as apreensões voltaram a subir, com índice 34% superior ao de 2007, totalizando US$ 2,6 milhões.

A queda mais significativa ocorreu com os cigarros, que caíram 43% em 2008. Durante todo o ano, foram apreendidos US$ 7,08 milhões desse tipo de mercadoria. “A fiscalização em toda a extensão da ponte, que abrange as via vicinais, hotéis, tem sido muito rigorosa. O que vem acontecendo é uma clara migração desse tipo de contrabando para a região de Guaíra, pelo Lago de Itaipu, área mais difícil de controlar. Mas, a Polícia Federal montou um esquema especial também nestes locais”, explicou a assessora.

Ainda no balanço, destacam-se também as apreensões de eletrônicos. Em 2008, foram retidos US$ 13,97 milhões, um aumento de 13% em relação ao registrado em 2007. Além das mercadorias e veículos, foram apreendidos vários tipos de droga, como maconha, cocaína, haxixe, crack, lança-perfumes, armas e munições. (Agência Brasil - Lúcia Norcio)



Últimas

2021/05/06 » Entidades do setor produtivo criticam aumento de juros
2021/05/06 » Alta da Selic terá pequeno impacto sobre juros finais, diz Anefac
2021/05/06 » Copom eleva juros básicos da economia para 3,5% ao ano
2021/05/06 » Produção industrial cai 2,4% de fevereiro para março
2021/05/06 » Copom eleva juros básicos da economia para 3,5% ao ano
2021/05/05 » Dia das mães: data é a mais importante para o setor de flores
2021/05/05 » Relator da reforma tributária propõe fundir cinco tributos no IBS
2021/05/05 » Pagamento do abono anual para segurados da Previdência é antecipado
2021/05/05 » Medida restabelece regras flexíveis para compras e contratos públicos
2021/05/05 » Famílias com dívidas em atraso crescem para 67,3% em abril
2021/05/05 » MP reinstitui dispensa de licitação para compras relacionadas à covid
2021/05/05 » Reforma tributária tem de "atacar" programas de isenção, afirma Guedes
2021/05/05 » Inflação na saída das fábricas fica em 4,78% em março, diz IBGE
2021/05/04 » Balança comercial tem melhor saldo da história para meses de abril
2021/05/04 » Petróleo: produção na Bacia de Santos ultrapassa 70% do total nacional
2021/05/04 » Brasil não renovará pacto de transporte naval com Argentina e Uruguai
2021/05/04 » Mercado financeiro espera que Selic suba para 3,5% ao ano nesta semana
2021/05/03 » Maior leilão da história trará o 5G ao Brasil
2021/05/03 » Trabalho em home office tende a continuar após fim da pandemia
2021/05/03 » Banco Central nega falha de segurança no Pix e adverte contra golpes

Ver mais »