Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Vendas de títulos públicos pela internet encerram 2008 com recorde 15/01/2009

 

Brasília, 14/01/2009 - A venda de títulos públicos a pessoas físicas pela internet fechou o ano passado com recorde. Segundo balanço divulgado hoje (14) pela Secretaria do Tesouro Nacional, o programa Tesouro Direto vendeu R$ 1,558 bilhão em papéis do governo em 2008, o melhor resultado desde a criação do sistema, em 2002.

Esse volume representa crescimento de 102,1% em relação aos R$ 771,2 milhões vendidos em 2007. A adesão ao programa também bateu recorde. O Tesouro Direto encerrou 2008 com 145.939 investidores cadastrados, aumento de 41,7% sobre o ano anterior.

A maior demanda dos investidores foi por títulos prefixados. Esses papéis, cujo rendimento está definido no momento da compra, responderam por 45,9% das vendas. Em segundo lugar, ficaram os títulos indexados ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), com 37,7% de participação. Os títulos corrigidos pela taxa Selic representaram 16,39% das compras.

Os investidores se concentraram em aplicações de baixo valor. As vendas até R$ 1 mil atingiram 27,6% do volume vendido em 2008. Quase dois terços dos investidores (63,6%) adquiriram até R$ 5 mil em títulos públicos.

De acordo com o Tesouro Nacional, a aplicação em títulos públicos rendeu mais do que outros investimentos em renda fixa. Enquanto a poupança rendeu 7,89% e o Certificado de Depósito Interbancário (CDI) rendeu 12,37% no ano passado, os títulos prefixados apresentaram retorno de 11,9% a 14,2%. No mesmo período, os títulos indexados à Selic renderam entre 12,2% e 12,5%.

Apesar de encerrarem o ano com recorde, as vendas do Tesouro Direto caíram em dezembro. No mês passado, as compras de títulos por pessoas físicas somaram R$ 160,7 milhões, 10,7% menor que os R$ 180 milhões registrados em novembro.

O maior volume mensal vendido foi registrado em outubro, quando as aquisições somaram R$ 259 milhões. Na ocasião, o agravamento da crise financeira fez os investidores migrarem das ações em queda para os títulos públicos. O mês com a menor venda de títulos foi junho, com R$ 52,115 milhões.

Criado em janeiro de 2002 com a intenção de popularizar a aplicação em papéis do governo, o Tesouro Direto permite que pessoas físicas adquiram títulos públicos diretamente pela internet. A compra é feita sem intermediários, mas o aplicador deve pagar taxa a uma corretora que ficará com a custódia dos títulos. (Agência Brasil - Wellton Máximo)



Últimas

2019/09/16 » Brasil eleva em 9,5% comércio com EUA, mas diminui com outros países
2019/09/16 » IGP-10 tem inflação de 0,29% em setembro
2019/09/16 » Mercado financeiro espera por redução da Selic para 5,5% ao ano
2019/09/13 » Aprovada, reforma das telecomunicações depende agora de regulamentação
2019/09/13 » Dispositivos digitais abrem novas possibilidades na saúde
2019/09/13 » Você tem direito a sacar o FGTS? Teste seus conhecimentos
2019/09/13 » Agências da Caixa ampliam horário nesta sexta para saques do FGTS
2019/09/12 » Indicador mostra alta de 2,6% no consumo de bens da indústria em julho
2019/09/12 » Abate de bovinos e suínos cresce no segundo trimestre no país
2019/09/12 » Setor de serviços cresce 0,8% de junho para julho no país, diz IBGE
2019/09/11 » Comércio varejista cresce 1% em julho
2019/09/11 » Código do Consumidor completa 29 anos; teste seus conhecimentos
2019/09/11 » Novas tecnologias digitais auxiliam produção no campo
2019/09/10 » Safra de grãos deve fechar 2019 com crescimento de 5,9% , diz IBGE
2019/09/10 » ANP inicia 1º ciclo da oferta permanente de blocos de petróleo e gás
2019/09/10 » Produção industrial recua em oito dos 15 locais pesquisados em julho
2019/09/10 » Governo aumenta previsão de crescimento da economia para 0,85%
2019/09/09 » Internet das Coisas: saiba como essa tecnologia pode afetar sua vida
2019/09/09 » Governo estuda reestruturação da Embrapa
2019/09/09 » Vendas no varejo em São Paulo têm alta de 5,4% no primeiro semestre

Ver mais »