Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Mortes causadas por raios foram recorde no ano passado 19/01/2009

 

Brasília, 19/01/2009 - O ano de 2008 teve o maior número de mortes causadas por raios na última década. Foram 75 mortes no total, número recorde segundo levantamento feito pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

De acordo com o coordenador do grupo, Osmar Pinto, o alto número de raios se deve ao resfriamento das águas do Oceano Pacífico, fenômeno conhecido como La Niña, que altera a formação de tempestades no país. Além disso, o Brasil é o maior país localizado na região tropical do planeta, área com grande variação de temperatura.

Osmar lembra que, por esse motivo, sempre haverá grande incidência de raios no país e que é preciso ter cuidado, principalmente no verão. O estudo mostrou também que a probabilidade de ser atingido por um raio é maior do que a de ganhar na loteria.

“A chance de ser atingido por um raio no Brasil é 20 vezes maior do que a chance de acertar na loteria com um palpite simples”, afirma o pesquisador.

O estudo indica que a maior ocorrência de mortes se dá a céu aberto, na zona rural e com homens adultos. O pesquisador explica que para evitar fatalidades com raios, o ideal é procurar abrigo em uma casa ou um carro e ficar longe de materiais metálicos.

“É preciso se afastar de árvores isoladas, de objetos metálicos como uma torre, um trator, uma cerca de arame farpado, jogar para longe uma faca, uma pá, um caniço de pesca metálica, se agachar e esperar a tempestade passar”, explica Osmar Pinto.

O pesquisador ressalta que metade das mortes ocorridas poderia ter sido evitada se as pessoas tivessem conhecimento de como agir em situações de tempestade com raios.

Nos centros urbanos, ele lembra que é preciso evitar falar em telefones com fios, mesmo o celular ligado ao carregador. É aconselhável também desligar os aparelhos elétricos da tomada e evitar ficar em contato com objetos metálicos durante a tempestade.

A expectativa é de que 2009 tenha a mesma quantidade de raios que 2008. (Agência Brasil - Paula de Castro)



Últimas

2021/01/20 » ANP regulamenta indicação de áreas para exploração de petróleo e gás
2021/01/20 » Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC
2021/01/20 » Confiança do empresário do comércio cai 2,2% em janeiro, diz CNC
2021/01/19 » CNI: faturamento da indústria cai pela primeira vez em sete meses
2021/01/19 » Produção de aço caiu 4,9% em 2020, informa o Instituto Aço Brasil
2021/01/19 » Atividade econômica tem alta de 0,59% em novembro, diz Banco Central
2021/01/19 » Atividade industrial desacelera em novembro de 2020
2021/01/18 » Saiba o que é a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
2021/01/18 » China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
2021/01/18 » Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões
2021/01/15 » MPT abre inquéritos para avaliar danos sociais do fechamento da Ford
2021/01/15 » BNDES financia segunda usina termelétrica no Porto do Açu
2021/01/15 » IBGE: indústria cresce em dez dos 15 locais pesquisados em novembro
2021/01/14 » Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020
2021/01/14 » Conab estima colheita de 264,8 milhões de toneladas de grãos
2021/01/14 » IBGE: safra de 2021 deve superar recorde de 2020
2021/01/14 » Veja o que pode e o que não pode no Enem 2020
2021/01/13 » BNDES define consórcio que apoiará programa de aceleração de startups
2021/01/13 » Inflação da construção civil atinge 10,16% em 2020
2021/01/13 » Inflação para famílias com menor renda fecha 2020 com alta de 5,45%

Ver mais »