Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Serra e Aécio mantêm-se à frente em pesquisa sobre sucessão presidencial 03/02/2009

 

Brasília, 3/02/2009 - Os dois prováveis candidatos do PSDB à Presidência da República em 2010, governadores José Serra (SP) e Aécio Neves (MG), continuam com a preferência do eleitorado, de acordo com pesquisa divulgada hoje (3) pelo Instituto CNT/Sensus. Apesar disso, os números demonstram queda das preferências em Serra e Aécio e aumento do número de eleitores indecisos e da provável candidata do PT, a ministra Dilma Rousseff, chefe da Casa Civil.

Em votação estimulada, quando a pergunta é feita para que o entrevistado escolha um candidato entre uma lista proposta, José Serra teve 42,8% das intenções de voto contra 13,5% de Dilma e 11,2% de Heloísa Helena, possível candidata do P-SOL. Em dezembro, Serra aparecia com 46,5% das preferências e Dilma, com 10,4%. Já os eleitores que ainda estão sem candidato somavam 30,6% no mês passado e agora são 32,6%.

Quando a pesquisa substitui Serra por Aécio e mantém os outros candidatos propostos, o governador mineiro aparece com 23,3% das intenções de voto, contra 18,2% de Heloísa Helena, 16,4% de Dilma e 23,5% de indecisos. Em dezembro, Aécio tinha 25,3%, Heloísa,19,1%, e Dilma 12,9% e os indecisos somavam 26,1%.

O diretor do Instituto Sensus, Ricardo Guedes, disse que a queda das intenções de voto nos tucanos pode ter sido causada pelas divergências internas do PSDB. “Isso não favorece o partido”, afirmou Guedes. Já o presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Clésio Andrade, atribuiu o crescimento de Dilma na pesquisa à maior presença da ministra na mídia. “A Dilma está crescendo em função da visibilidade dela que está aumentando.”

A pesquisa, que também avaliou a popularidade do presidente Lula, mostrou ainda como ficaria o quadro de 2010, se o eleitor escolhesse espontaneamente o candidato em quem votar. Apesar de Lula não poder ser reeleito para o terceiro mandato, ele aparece em primeiro lugar nas intenções de voto, com 21,3% das 2 mil pessoas entrevistadas. Em segundo e terceiro lugares aparecem os tucanos José Serra e Aécio Neves, com 8,7% e 3,9%, respectivamente. Dilma Rousseff é a quarta colocada, com 2,5% das intenções de votos.

“É um fato interessante. É difícil hoje acreditar que uma pessoa no Brasil não saiba que uma pessoa só possa se eleger duas vezes consecutivas. Mesmo assim, os eleitores insistem no nome do presidente Lula”, afirmou Andrade.

“Isso acaba prejudicando a própria candidata dele [Dilma Rousseff], que passa a ter um [voto] espontâneo muito baixo”, completou o presidente da CNT.

 

A pesquisa foi feita entre 26 e 30 de janeiro, em 136 cidades de todo o país. (Agência Brasil - Mariana Jungmann)



Últimas

2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos
2020/10/22 » Opas: América Latina não deve relaxar enfrentamento à pandemia
2020/10/22 » Faturamento do setor de turismo no Brasil tem redução de 33,6% em 2020
2020/10/21 » Setor mineral brasileiro tem resultado positivo no 3º trimestre
2020/10/21 » Decreto inclui Linha 2 do metrô de BH em programa de privatizações
2020/10/21 » Não investir no Brasil será um grande erro, afirma ministro
2020/10/21 » Inflação do aluguel sobe de 18,20% para 20,56% em 12 meses
2020/10/20 » Pacote comercial abre caminho para acordo mais amplo, diz governo
2020/10/20 » SP:acordo da ANTT permite investimento de R$ 6 bi em malha ferroviária
2020/10/20 » Como fazer a amortização do FGTS pelo celular
2020/10/19 » Comércio eletrônico e delivery aumentam consumo de embalagens
2020/10/19 » Doria apresenta plano de retomada econômica de São Paulo
2020/10/19 » Produção brasileira de aço cresce 7,5% em setembro
2020/10/16 » Indicador antecedente da economia brasileira cresce 1,2% em setembro
2020/10/16 » Atividade econômica tem alta de 1,06% em agosto, diz Banco Central
2020/10/16 » Rebanho bovino cresce em 2019, influenciado pelo cenário externo
2020/10/15 » Produção de motocicletas aumenta 13,1% em setembro
2020/10/15 » Ministério entrega à Presidência projeto de privatização dos Correios
2020/10/15 » Programa de suspensão de contrato e redução de jornada é prorrogado
2020/10/14 » Guedes defende reformas e rigor fiscal pós-pandemia a comitê do FMI

Ver mais »