Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Revendedoras de carros usados recebem R$ 400 milhões para financiamentos 03/03/2009

 

Brasília, 3/03/2009 - As empresas de comércio de carros usados já podem contar com R$ 400 milhões para o financiamento, com juros de 1,4% ao mês, por meio do Banco do Brasil. Esses recursos vão compor o capital de giro de micro e pequenos revendedores que oferecem financiamentos em até 24 meses. A medida foi divulgada hoje (3) em reunião no Ministério do Trabalho com associações de revendedores de automóveis de todo o país e entidades sindicais.

O ministro Carlos Lupi afirmou que o Banco do Brasil está disponibilizando R$ 200 milhoes que serão somados a outros R$ 200 milhões do Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT), cuja liberação já foi aprovada pelo Conselho do fundo. Ele destacou que a medida atende a pedido do setor, que se compromete a manter os 600 mil empregos diretos e indiretos mantidos por uma rede de 46 mil agências de veículos em todo o país.

Para o ministro do Trabalho, esta é a primeira vez que se toma medida semelhante atendendo ao interesse dos pequenos empreendedores depois que eles estabeleceram diálogo sobre suas necessidades, ante o decréscimo de vendas em conseqüência da crise econômica. Lupi diz que o Brasil deverá ser o primeiro país do hemisfério a crescer depois da crise, graças à compreensão do governo e do seu dialogo com o empresariado.

"O Brasil já passou pelo impacto mais difícil da crise", segundo o ministro e a partir de março os números  do emprego deverão começar a refletir a sua manutenção, que segundo ele, já deve começar em pequeno número a partir de fevereiro. Os números do Caged ainda não estão computados, pois envolve 6 milhões de empresas, mas desde janeiro já há resultados animadores, conforme Lupi. A maior dificuldade segundo Carlos Lupi está na área da exportação que já começou a se equilibrar com a redução das importações.

O setor siderúrgico, conforme ele "ainda continua forte em razão da demanda externa e está se recuperando também pelo aumento das vendas na área  automobilística. (Agência Brasil - Lourenço Canuto)



Últimas

2020/02/21 » Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira
2020/02/21 » Escolas de samba movimentam economia durante todo ano no Rio
2020/02/20 » Banco Central injeta R$ 135 bilhões na economia
2020/02/20 » Programa para fazer Declaração do Imposto de Renda já está disponível
2020/02/20 » Prévia da inflação oficial fica em 0,22% em fevereiro
2020/02/19 » Comissão Europeia quer criar mercado único de dados
2020/02/19 » Confiança da indústria cai em fevereiro depois de 3 altas seguidas
2020/02/19 » Confiança da indústria cresce 0,7 ponto na prévia de fevereiro
2020/02/18 » Economia segue em processo de recuperação gradual, diz BC
2020/02/18 » FGV: economia brasileira cresceu 1,2% em 2019
2020/02/18 » Rodovias terão estabelecimentos regulamentados para motoristas
2020/02/17 » Associação alerta motoristas sobre riscos no trânsito durante carnaval
2020/02/17 » Estimativa do mercado financeiro para inflação cai para 3,22%
2020/02/17 » Começam a valer medidas da Caixa para estimular construção civil
2020/02/14 » Atividade econômica cresce 0,89% em 2019
2020/02/14 » Cerca de 25% dos desempregados procuram emprego há mais de dois anos
2020/02/14 » Taxa de desemprego cai em 16 estados, revela IBGE
2020/02/13 » Abate de bovinos cai e o de suínos e frangos sobe no último trimestre
2020/02/13 » Setor de Serviços fecha 2019 com crescimento de 1%
2020/02/13 » Coronavírus: subida exponencial de mortes e casos. O que mudou?

Ver mais »