Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Revendedoras de carros usados recebem R$ 400 milhões para financiamentos 03/03/2009

 

Brasília, 3/03/2009 - As empresas de comércio de carros usados já podem contar com R$ 400 milhões para o financiamento, com juros de 1,4% ao mês, por meio do Banco do Brasil. Esses recursos vão compor o capital de giro de micro e pequenos revendedores que oferecem financiamentos em até 24 meses. A medida foi divulgada hoje (3) em reunião no Ministério do Trabalho com associações de revendedores de automóveis de todo o país e entidades sindicais.

O ministro Carlos Lupi afirmou que o Banco do Brasil está disponibilizando R$ 200 milhoes que serão somados a outros R$ 200 milhões do Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT), cuja liberação já foi aprovada pelo Conselho do fundo. Ele destacou que a medida atende a pedido do setor, que se compromete a manter os 600 mil empregos diretos e indiretos mantidos por uma rede de 46 mil agências de veículos em todo o país.

Para o ministro do Trabalho, esta é a primeira vez que se toma medida semelhante atendendo ao interesse dos pequenos empreendedores depois que eles estabeleceram diálogo sobre suas necessidades, ante o decréscimo de vendas em conseqüência da crise econômica. Lupi diz que o Brasil deverá ser o primeiro país do hemisfério a crescer depois da crise, graças à compreensão do governo e do seu dialogo com o empresariado.

"O Brasil já passou pelo impacto mais difícil da crise", segundo o ministro e a partir de março os números  do emprego deverão começar a refletir a sua manutenção, que segundo ele, já deve começar em pequeno número a partir de fevereiro. Os números do Caged ainda não estão computados, pois envolve 6 milhões de empresas, mas desde janeiro já há resultados animadores, conforme Lupi. A maior dificuldade segundo Carlos Lupi está na área da exportação que já começou a se equilibrar com a redução das importações.

O setor siderúrgico, conforme ele "ainda continua forte em razão da demanda externa e está se recuperando também pelo aumento das vendas na área  automobilística. (Agência Brasil - Lourenço Canuto)



Últimas

2020/04/03 » Governo zera impostos de produtos usados no combate ao coronavírus
2020/04/03 » Novo coronavírus traz novos desafios para cuidadores de idosos
2020/04/02 » Auxílio emergencial é publicado e governo abre crédito de R$ 98 bi
2020/04/02 » Medidas contra coronavírus custarão R$ 224,6 bi para o governo
2020/04/02 » Cientistas chineses anunciam descoberta contra covid-19
2020/04/02 » Covid-19: governo aprova medidas para área da assistência social
2020/04/02 » Senado aprova extensão de auxílio de R$ 600 a mais de 30 categorias
2020/04/02 » Bolsonaro sanciona MP da renda básica emergencial
2020/04/02 » Empresas têm 30 dias para se cadastrar na plataforma consumidor.gov.br
2020/04/02 » Governo prorroga prazo de entrega da declaração do IR por dois meses
2020/04/01 » Governo anuncia R$ 200 bilhões para socorrer trabalhadores e empresas
2020/04/01 » Governo reduz pela metade contribuições pagas ao Sistema S por 3 meses
2020/04/01 » Coronavírus: Câmara e Senado alteram tramitação de MPs
2020/03/31 » Líderes do Senado divulgam manifesto pelo isolamento social
2020/03/31 » Senado aprova benefício de R$ 600 a autônomos e informais
2020/03/31 » Senado aprova distribuição de merenda escolar aos estudantes sem aulas
2020/03/30 » Senado vota hoje auxílio de R$ 600 para autônomos e informais
2020/03/30 » Coronavírus: BNDES anuncia R$ 2 bilhões de crédito para área da saúde
2020/03/30 » Governo obtém do STF aval para adotar medidas contra o coronavírus
2020/03/27 » Governo anuncia linha de crédito a pequenas e médias empresas

Ver mais »