Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Ministro diz que brasileiros devem exigir pescado de qualidade 08/04/2009

 

Brasília, 8/04/2009 - Na semana de maior consumo de peixes no Brasil, o ministro da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca, Altemir Gregolin, recomenda que brasileiros sejam exigentes na hora de comprar pescados. “Um consumidor exigente é fundamental para que a gente repasse a toda cadeia produtiva as práticas de garantia de qualidade ao pescado, para que o consumidor tenha um pescado de qualidade a um preço acessível”, disse o ministro em entrevista à Rádio Nacional.

Gregolin destacou a importância do consumo regular de peixes. “É fundamental em função da qualidade de vida, o consumidor, em âmbito mundial, vem aumentando o consumo de pescado e reduzindo o consumo de carnes vermelhas, pela qualidade nutricional e pelo resultado na qualidade de vida”. Cada brasileiro consome, em média, 7 quilos de pescado por ano. A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que cada pessoa deve consumir 12 quilos por ano.

Ele disse que a secretaria tem trabalhado para diminuir a distância entre o pescador e o consumidor, de modo a permitir a redução dos preços. “Estamos investindo em infra-estrutura com terminais pesqueiros, centros de comercialização, encurtando a distância entre o produtor, o pescador e o consumidor.”

Segundo Gregolin, a pesca artesanal e industrial são os setores que mais recebem investimentos. Ele afirmou que a pesca artesanal representa 60% da captura de peixes no Brasil. Na pesca industrial, os investimentos destinam-se a ações como a construção de 20 terminais pesqueiros e a consolidação da uma frota nacional, para substituir as embarcações estrangeiras arrendadas por empresas brasileiras. “Caminhamos para o desenvolvimento de uma pesca profissionalizada, disputando espaço no mercado internacional também.”

A valorização das espécies brasileiras também é uma das ações para o aumento do consumo no país, de acordo com o ministro. “Nosso país é muito rico em espécies de qualidade,  nativas, com um sabor excelente e que aos poucos vão tomando o nosso mercado. O Brasil pode se transformar num dos grandes produtores de pescado.” (Agência Brasil)



Últimas

2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos
2020/10/22 » Opas: América Latina não deve relaxar enfrentamento à pandemia
2020/10/22 » Faturamento do setor de turismo no Brasil tem redução de 33,6% em 2020
2020/10/21 » Setor mineral brasileiro tem resultado positivo no 3º trimestre
2020/10/21 » Decreto inclui Linha 2 do metrô de BH em programa de privatizações
2020/10/21 » Não investir no Brasil será um grande erro, afirma ministro
2020/10/21 » Inflação do aluguel sobe de 18,20% para 20,56% em 12 meses
2020/10/20 » Pacote comercial abre caminho para acordo mais amplo, diz governo
2020/10/20 » SP:acordo da ANTT permite investimento de R$ 6 bi em malha ferroviária
2020/10/20 » Como fazer a amortização do FGTS pelo celular
2020/10/19 » Comércio eletrônico e delivery aumentam consumo de embalagens
2020/10/19 » Doria apresenta plano de retomada econômica de São Paulo
2020/10/19 » Produção brasileira de aço cresce 7,5% em setembro
2020/10/16 » Indicador antecedente da economia brasileira cresce 1,2% em setembro
2020/10/16 » Atividade econômica tem alta de 1,06% em agosto, diz Banco Central
2020/10/16 » Rebanho bovino cresce em 2019, influenciado pelo cenário externo
2020/10/15 » Produção de motocicletas aumenta 13,1% em setembro
2020/10/15 » Ministério entrega à Presidência projeto de privatização dos Correios
2020/10/15 » Programa de suspensão de contrato e redução de jornada é prorrogado
2020/10/14 » Guedes defende reformas e rigor fiscal pós-pandemia a comitê do FMI

Ver mais »