Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Ministro diz que brasileiros devem exigir pescado de qualidade 08/04/2009

 

Brasília, 8/04/2009 - Na semana de maior consumo de peixes no Brasil, o ministro da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca, Altemir Gregolin, recomenda que brasileiros sejam exigentes na hora de comprar pescados. “Um consumidor exigente é fundamental para que a gente repasse a toda cadeia produtiva as práticas de garantia de qualidade ao pescado, para que o consumidor tenha um pescado de qualidade a um preço acessível”, disse o ministro em entrevista à Rádio Nacional.

Gregolin destacou a importância do consumo regular de peixes. “É fundamental em função da qualidade de vida, o consumidor, em âmbito mundial, vem aumentando o consumo de pescado e reduzindo o consumo de carnes vermelhas, pela qualidade nutricional e pelo resultado na qualidade de vida”. Cada brasileiro consome, em média, 7 quilos de pescado por ano. A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que cada pessoa deve consumir 12 quilos por ano.

Ele disse que a secretaria tem trabalhado para diminuir a distância entre o pescador e o consumidor, de modo a permitir a redução dos preços. “Estamos investindo em infra-estrutura com terminais pesqueiros, centros de comercialização, encurtando a distância entre o produtor, o pescador e o consumidor.”

Segundo Gregolin, a pesca artesanal e industrial são os setores que mais recebem investimentos. Ele afirmou que a pesca artesanal representa 60% da captura de peixes no Brasil. Na pesca industrial, os investimentos destinam-se a ações como a construção de 20 terminais pesqueiros e a consolidação da uma frota nacional, para substituir as embarcações estrangeiras arrendadas por empresas brasileiras. “Caminhamos para o desenvolvimento de uma pesca profissionalizada, disputando espaço no mercado internacional também.”

A valorização das espécies brasileiras também é uma das ações para o aumento do consumo no país, de acordo com o ministro. “Nosso país é muito rico em espécies de qualidade,  nativas, com um sabor excelente e que aos poucos vão tomando o nosso mercado. O Brasil pode se transformar num dos grandes produtores de pescado.” (Agência Brasil)



Últimas

2021/04/16 » Serviços registram crescimento de 3,7% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/16 » LDO de 2022 destravará gastos com obras em caso de atraso no Orçamento
2021/04/16 » Projeto da LDO prevê crescimento de 2,5% para o próximo ano
2021/04/16 » Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real
2021/04/16 » Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias
2021/04/16 » IGP-10 acumula inflação de 31,74% em 12 meses, diz FGV
2021/04/15 » Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa
2021/04/15 » Indicador Antecedente tem queda de 2,2% em março, revela FGV
2021/04/15 » Vendas nos supermercados têm alta de 5,18% em fevereiro
2021/04/15 » Economia abre consulta pública para debater nova Lei de Licitações
2021/04/15 » Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
2021/04/15 » Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI
2021/04/14 » Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
2021/04/14 » Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea
2021/04/14 » Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril, aponta Procon-SP
2021/04/14 » Comércio varejista cresce 0,6% em fevereiro, diz IBGE
2021/04/13 » Calendário de restituições não muda com novo prazo do Imposto de Renda
2021/04/13 » Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 4,85% este ano
2021/04/13 » Inflação para idosos acumula taxa de 6,2% em 12 meses
2021/04/12 » Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado

Ver mais »