Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Em SP, infectados pelo vírus da gripe suína já deixaram o hospital 07/05/2009

 

São Paulo, 7/05/2009 - Os dois pacientes de São Paulo infectados pelo vírus da gripe suína já deixaram o hospital Emílio Ribas, na região da Avenida Paulista, onde foram atendidos. As informações são da Secretaria de Saúde do estado de São Paulo.

O primeiro caso é de um homem de 24 anos que esteve na Cidade do México entre os dias 17 e 22 de abril. O início dos sintomas surgiram dois dias após sua chegada. O paciente ficou internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas por sete dias como suspeito (de 29 de abril a 4 de maio), sob supervisão e monitoramento, tendo evoluído para a cura.

Em todos os casos suspeitos foram administrados tratamento com medicamentos antivirais como se de fato o paciente estivesse infectado com a doença.

O segundo caso registrado em SP é também de um homem, de 48 anos, que esteve em Miami e Orlando, na Flórida, entre os dias 19 e 28 de abril. Ele apresentou os primeiros sintomas em 29 de abril, tendo sido atendido também no hospital Emílio Ribas. No entanto, como a Organização Mundial da Saúde (OMS) não considerava a região como área de risco, ele não foi internado; apenas mantido em isolamento domiciliar. O paciente evoluiu para a cura.

Existem outros oito pacientes sob suspeita no estado de São Paulo. Os resultados dos exames devem ser conhecidos em alguns dias. A secretaria não quis precisar a data. Há sete pessoas em monitoramento, em isolamento domiciliar.

A Secretaria da Saúde disponibilizou 150 leitos para isolamento, 60 deles com pressão negativa (como recomendado pela OMS), distribuídos no Hospital das Clínicas de São Paulo, Ribeirão Preto e Campinas e no Instituto Emílio Ribas.

Foram estabelecidas oito unidades que irão funcionar como referência para o atendimento de possíveis casos suspeitos da gripe suína no estado. Esses locais ficarão de prontidão para identificar qualquer caso e colher materiais para exames

Das oito unidades, três ficam na capital: Hospital das Clínicas de São Paulo, Instituto Emílio Ribas e Hospital São Paulo. No litoral, a unidade de referência é o Hospital Estadual Guilherme Álvaro, em Santos. No interior, o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto; Hospital das Clínicas de Campinas; Hospital Estadual de Bauru e Hospital de Base de São José do Rio Preto.

Os exames virológicos estão sendo realizados no Instituto Adolfo Lutz, uma das três referências nacionais para a identificação da influenza, que atende às normas de biossegurança necessária para a manipulação de vírus. (Agência Brasil - Bruno Bocchini)



Últimas

2020/02/21 » Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira
2020/02/21 » Escolas de samba movimentam economia durante todo ano no Rio
2020/02/20 » Banco Central injeta R$ 135 bilhões na economia
2020/02/20 » Programa para fazer Declaração do Imposto de Renda já está disponível
2020/02/20 » Prévia da inflação oficial fica em 0,22% em fevereiro
2020/02/19 » Comissão Europeia quer criar mercado único de dados
2020/02/19 » Confiança da indústria cai em fevereiro depois de 3 altas seguidas
2020/02/19 » Confiança da indústria cresce 0,7 ponto na prévia de fevereiro
2020/02/18 » Economia segue em processo de recuperação gradual, diz BC
2020/02/18 » FGV: economia brasileira cresceu 1,2% em 2019
2020/02/18 » Rodovias terão estabelecimentos regulamentados para motoristas
2020/02/17 » Associação alerta motoristas sobre riscos no trânsito durante carnaval
2020/02/17 » Estimativa do mercado financeiro para inflação cai para 3,22%
2020/02/17 » Começam a valer medidas da Caixa para estimular construção civil
2020/02/14 » Atividade econômica cresce 0,89% em 2019
2020/02/14 » Cerca de 25% dos desempregados procuram emprego há mais de dois anos
2020/02/14 » Taxa de desemprego cai em 16 estados, revela IBGE
2020/02/13 » Abate de bovinos cai e o de suínos e frangos sobe no último trimestre
2020/02/13 » Setor de Serviços fecha 2019 com crescimento de 1%
2020/02/13 » Coronavírus: subida exponencial de mortes e casos. O que mudou?

Ver mais »