Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Caixa Econômica anuncia redução de juros para crédito comercial de até 16,4% 09/06/2009

 

Brasília, 9/06/2009 - A Caixa Econômica Federal anunciou hoje (9) que vai operar nova tabela de juros na próxima segunda-feira (15) e acenou com uma redução de até 16,4% no crédito comercial. As reduções contemplam oito linhas de crédito para pessoa física e dez modalidades para pessoa jurídica (empresas).

Para pessoa física, o destaque é a queda de juros na linha de créditos conveniados INSS, que baixa de 0,88% para 0,85% ao mês, numa redução de 3,4%. O banco também reduziu as taxas do penhor, de 2,10% para 2,08%, e vai cobrar juros a partir de 1,19% no financiamento de veículos.

O Cartão Turismo Parcelado também teve reduzida a taxa mínima de 2,9% para 2,4% ao mês e máxima, de 3,8% para 3,3%. No caso do crédito pessoal, a taxa mínima diminui de 3,85% para 3,80% e a máxima, de 4,31% para 4,26%. A taxa mínima do cheque especial também cai de 1,27% para 1,20%.

Segundo a presidente da Caixa, Maria Fernanda Ramos Coelho, o banco vem se mantendo com as menores taxas de juros do mercado. “Nossa atuação aponta claramente que estamos cumprindo nossa missão de banco público, ampliando a oferta de crédito e reduzindo os juros com sustentabilidade”, disse.

De acordo com o vice-presidente de Finanças, Márcio Percival, a diretoria da Caixa analisou o comportamento das curvas futuras de juros e resolveu reduzir as taxas de vários produtos às vésperas da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, iniciada hoje (9).

Percival entende que “as novas taxas irão contribuir para a expansão do crédito e do consumo, necessárias para a retomada dos níveis de crescimento, emprego e renda”.

Foi por esse motivo, segundo o vice-presidente que o banco reduziu para até 16,42% a taxa máxima do GiroCaixa para o segmento de micro e pequenas empresas e também promoveu a redução da taxa do cheque Empresa Caixa, conveniado em folha de pagamento, que passa de 5,13% para 5,09% ao mês. (Agência Brasil - Stênio Ribeiro)



Últimas

2020/01/22 » CNC: intenção de consumo das famílias tem melhor janeiro desde 2015
2020/01/22 » Confiança da indústria cresce 1,1 ponto na prévia de janeiro
2020/01/22 » Brasil cria centro para indústria 4.0 no Fórum Econômico Mundial
2020/01/21 » Brasil passou para quarto destino de investimentos no mundo em 2019
2020/01/21 » Inflação dos aluguéis acumula taxa de 7,91% em 12 meses, diz FGV
2020/01/21 » Guedes conversa com ministros suíços e CEOs de empresas em Davos
2020/01/20 » Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,56%
2020/01/20 » Agência Brasil explica: quem pode ser um microempreendedor individual?
2020/01/17 » Varejo de SP espera crescimento de 5% em vendas de materiais escolares
2020/01/17 » Confiança do empresário do comércio tem melhor janeiro desde 2013
2020/01/17 » Dólar fecha acima de R$ 4,19, no maior valor desde início de dezembro
2020/01/17 » Atividade econômica cresce 0,18%, diz Banco Central
2020/01/16 » Dataprev é incluída no Programa Nacional de Desestatização
2020/01/16 » Ipea: alíquota de novo imposto proposto em PECs deve ficar em 27%
2020/01/16 » Inflação pelo Índice Geral de Preços–10 cai de 1,69% para 1,07%
2020/01/15 » Governo quer vender R$ 150 bi em participações em empresas em 2020
2020/01/15 » Novo reajuste do mínimo pode ter impacto de R$ 2,13 bi no Orçamento
2020/01/15 » Mochilas pesadas na infância podem acarretar problemas na fase adulta
2020/01/14 » Consumidor espera saldões para comprar com desconto produto mais caro
2020/01/14 » IR: contribuinte não poderá deduzir gasto com previdência de doméstica

Ver mais »