Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Fevereiro teve a maior queda no consumo de energia elétrica desde 2002 20/03/2009

 

Rio de Janeiro, 20/03/2009 - O consumo de energia elétrica em fevereiro caiu 4,4% em relação ao mesmo mês do ano passado, dando continuidade à tendência de queda observada em janeiro. A demanda de energia totalizou no mês 30.700 gigawatts/hora (GWh), . Os dados constam da Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica, divulgada hoje (20) pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Segundo a EPE, o resultado registrado em fevereiro foi o pior para o mês desde 2002. A empresa ressalta, porém, que já são percebidos sinais de recuperação do consumo em comparação ao último trimestre de 2008.

Os técnicos da EPE advertem, entretanto, que a base de comparação não é exata. Se fevereiro de 2008 tivesse 28 dias, como ocorreu este ano, a queda do consumo teria sido de apenas 1%. No primeiro bimestre de 2009, a queda acumulada no consumo de energia é de 4,5%, em relação a igual período anterior. Nos últimos 12 meses findos em fevereiro, nota-se incremento no consumo de 2,2%.

Em relação ao consumo industrial, foi a primeira vez, desde novembro, que o resultado apurado (12.588 GWh) superou o valor esperado, que era de 12.200 GWh. Em termos nacionais, a queda no consumo industrial alcançou 12,2% sobre fevereiro do ano passado. Já os consumos residencial e comercial mostraram evolução positiva de 2,2% e 4,6%, respectivamente.

A Região Sudeste, que representa 50% do consumo de energia das famílias brasileiras, concentrou o maior impacto da desaceleração econômica, acumulando queda no consumo de 6,5% até fevereiro. Já o consumo industrial caiu 16,4% nos dois primeiros meses do ano.

O consumo médio mensal por pessoa cresceu 1,8% em fevereiro, comparativamente ao mesmo mês de 2008, atingindo 146,4 quilowatts/hora, revela o documento da EPE. A média mensal de novas ligações caiu de 165 mil, até dezembro, para 135 mil, em fevereiro de 2009. (Agência Brasil - Alana Gandra)



Últimas

2020/01/17 » Varejo de SP espera crescimento de 5% em vendas de materiais escolares
2020/01/17 » Confiança do empresário do comércio tem melhor janeiro desde 2013
2020/01/17 » Dólar fecha acima de R$ 4,19, no maior valor desde início de dezembro
2020/01/17 » Atividade econômica cresce 0,18%, diz Banco Central
2020/01/16 » Dataprev é incluída no Programa Nacional de Desestatização
2020/01/16 » Ipea: alíquota de novo imposto proposto em PECs deve ficar em 27%
2020/01/16 » Inflação pelo Índice Geral de Preços–10 cai de 1,69% para 1,07%
2020/01/15 » Governo quer vender R$ 150 bi em participações em empresas em 2020
2020/01/15 » Novo reajuste do mínimo pode ter impacto de R$ 2,13 bi no Orçamento
2020/01/15 » Mochilas pesadas na infância podem acarretar problemas na fase adulta
2020/01/14 » Consumidor espera saldões para comprar com desconto produto mais caro
2020/01/14 » IR: contribuinte não poderá deduzir gasto com previdência de doméstica
2020/01/14 » Petrobras reduz preço da gasolina e diesel nas refinarias
2020/01/13 » Migração de empregadores para eSocial só terminará em 2023
2020/01/13 » Agronegócio brasileiro exportou US$ 96,8 bilhões em 2019
2020/01/13 » Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,58%
2020/01/13 » Migração da poupança para outros investimentos exige cuidado
2020/01/13 » Setores de TI e internet dominam ranking sobre mercado de trabalho
2019/12/19 » Retomada do mercado de trabalho é lenta e se apoia na informalidade
2019/12/19 » Com alta dos preços da carne, inflação deve ficar em 0,81% em dezembro

Ver mais »