Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
TSE quer 4 milhões de eleitores aptos a votar em urnas biométricas em 2010 20/03/2009

 

Brasília, 19/03/2009 - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Ayres Britto, quer aumentar de cerca de 43 mil para 4 milhões o número de eleitores aptos a votar em urnas eletrônicas biométricas nas próximas eleições. As urnas biométricas permitem a identificação do eleitor por meio das impressões digitais.

Ayres Britto discutiu o assunto hoje (19) com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo.

Para atingir a meta, segundo Britto, seria necessário produzir, já em 2009, 100 mil urnas eletrônicas biométricas, ao custo estimado de R$ 250 milhões.

O presidente do TSE afirmou ter ouvido do ministro Paulo Bernardo que há dificuldades orçamentárias, mas o governo se empenhará para viabilizar o projeto. “O ministro diz que há dificuldades, que o orçamento está experimentando contenção, mas faria o possível para viabilizar esse projeto”, disse Britto.

A projeção do TSE é que no prazo de seis a oito anos possa ser realizada no país a primeira eleição totalmente biométrica, alcançando os mais de 130 milhões de eleitores. A vantagem, de acordo com o tribunal, é ter maior segurança no combate a fraudes e menor custo administrativo.

Nas eleições de 2008, eleitores de três municípios de diferentes estados votaram em urnas biométricas: Fátima do Sul (MS), São João Batista (SC) e Colorado D´Oeste (RO).

Ayres Britto também conversou com Lula sobre a implantação de um documento de identificação único que permitiria ao eleitor votar em qualquer cidade. Seria um cartão magnético com um chip que unificaria, por exemplo, as carteiras de identidade e de motorista, o título de eleitor e o CPF. Segundo ele, esse documento marcaria o início do voto em trânsito.

“Estamos caminhando da direção do voto em trânsito, em qualquer lugar do país a pessoa vota, não precisa, portanto, se justificar por que não teve como votar e a fraude será combatida com muito mais eficácia.”

Segundo Ayres Britto, o presidente Lula manifestou apoio às duas propostas apresentadas. (Agência Brasil - Yara Aquino)



Últimas

2020/01/17 » Varejo de SP espera crescimento de 5% em vendas de materiais escolares
2020/01/17 » Confiança do empresário do comércio tem melhor janeiro desde 2013
2020/01/17 » Dólar fecha acima de R$ 4,19, no maior valor desde início de dezembro
2020/01/17 » Atividade econômica cresce 0,18%, diz Banco Central
2020/01/16 » Dataprev é incluída no Programa Nacional de Desestatização
2020/01/16 » Ipea: alíquota de novo imposto proposto em PECs deve ficar em 27%
2020/01/16 » Inflação pelo Índice Geral de Preços–10 cai de 1,69% para 1,07%
2020/01/15 » Governo quer vender R$ 150 bi em participações em empresas em 2020
2020/01/15 » Novo reajuste do mínimo pode ter impacto de R$ 2,13 bi no Orçamento
2020/01/15 » Mochilas pesadas na infância podem acarretar problemas na fase adulta
2020/01/14 » Consumidor espera saldões para comprar com desconto produto mais caro
2020/01/14 » IR: contribuinte não poderá deduzir gasto com previdência de doméstica
2020/01/14 » Petrobras reduz preço da gasolina e diesel nas refinarias
2020/01/13 » Migração de empregadores para eSocial só terminará em 2023
2020/01/13 » Agronegócio brasileiro exportou US$ 96,8 bilhões em 2019
2020/01/13 » Mercado financeiro reduz estimativa de inflação este ano para 3,58%
2020/01/13 » Migração da poupança para outros investimentos exige cuidado
2020/01/13 » Setores de TI e internet dominam ranking sobre mercado de trabalho
2019/12/19 » Retomada do mercado de trabalho é lenta e se apoia na informalidade
2019/12/19 » Com alta dos preços da carne, inflação deve ficar em 0,81% em dezembro

Ver mais »