Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Telefonia móvel avança no setor de tecnologia da informação 03/04/2009

 

Rio de Janeiro, 3/04/2009 - As inovações tecnológicas nos aparelhos de telefone celular como câmeras digitais e rádio têm contribuído para mudanças no perfil dos serviços de telecomunicações no país. É que cada vez mais, os telefones móveis ocupam o lugar dos fixos.

Essa mudança não é uma novidade para o consumidor, mas, pela primeira vez, consta de uma pesquisa. As informações estão no estudo O Setor de Tecnologia da Informação e Comunicação no Brasil, divulgado hoje (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Embora a participação dos serviços de telecomunicações por fio seja predominante na composição da receita do segmento, o estudo mostra que entre 2003 e 2006 a participação caiu de 60,3% para 50,7%, enquanto a dos serviços sem fio avançou de 34,1% para 43,2%. A oferta de produtos mais modernos, com várias funções, contribuiu para a mudança. “Os ganhos da telefonia celular são decorrentes da oferta de produtos e serviços mais sofisticados em termos tecnológicos, com destaque para os aparelhos com câmeras, MP3 e acesso à internet. Essas ferramentas acompanham a tendência de fornecer serviços diversificados em um único aparelho, um facilitador para os usuários”, diz o documento da pesquisa.

O estudo destaca também que, desde 2003, o ramo mais lucrativo das telecomunicações foi o de ligações de fixo para fixo, que lideram a composição da atividade. Nesse segemnto, as chamadas interurbanas foram as mais lucrativas, correspondendo a 43,4% da receita das empresas.

Por outro lado, houve uma mudança no serviço de telefonia. Muitos usuários deixaram de fazer ligações internacionais a partir do telefone fixo. Com isso, a participação desse serviço na receita das teles caiu de 8,9% para 5,1%, entre 2003 e 2006. No período, também chama atenção o aumento das chamadas feitas de telefones públicos.

De acordo com o pesquisador do IBGE Roberto Saldanha, a perda nas chamadas internacionais pode decorrer da preferência dos usuários por serviços gratuitos de comunicação pela internet, como o Skype. Em relação às chamadas de orelhão, ele lembrou que um decreto do governo federal determina a ampliação do serviço.

“Com o programa de universalização da telefonia, as empresas foram obrigadas a instalar telefone naqueles municípios pequenos, regiões remotas, que não eram considerados o filé mignon da coisa”, disse Saldanha.

No período estudado, os serviços de internet respondiam por uma pequena parcela da receita das teles (2%) e a participação dos serviços por satélite era de 1,5%.

Segundo o texto, o fornecimento de conexão para internet por telefonia fixa se destacava “como um setor em expansão”, com aumento dos ganhos de participação de 2,9% para 5,6%, nos quatro anos.

As atividades telecomunicações estão entre as mais importantes no setor de tecnologias da informação e comunicação, respondendo por 43,1% da receita líquida. Elas detêm alto valor agregado, devido à complexidade da tecnologia empregada, que requer alta qualificação. (Agência Brasil - Isabela Vieira)



Últimas

2020/10/26 » Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
2020/10/26 » Petrobras inicia venda de campos terrestres em Sergipe
2020/10/26 » Banco Central registra recorde de remessas de dólares para o Brasil
2020/10/23 » Ministério da Infraestrutura entregará planos de logística até 2050
2020/10/23 » OMS: risco de pegar covid-19 em aviões é "muito baixo", mas não zero
2020/10/23 » Cresce pauta sobre home office nas negociações trabalhistas
2020/10/22 » Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos
2020/10/22 » Opas: América Latina não deve relaxar enfrentamento à pandemia
2020/10/22 » Faturamento do setor de turismo no Brasil tem redução de 33,6% em 2020
2020/10/21 » Setor mineral brasileiro tem resultado positivo no 3º trimestre
2020/10/21 » Decreto inclui Linha 2 do metrô de BH em programa de privatizações
2020/10/21 » Não investir no Brasil será um grande erro, afirma ministro
2020/10/21 » Inflação do aluguel sobe de 18,20% para 20,56% em 12 meses
2020/10/20 » Pacote comercial abre caminho para acordo mais amplo, diz governo
2020/10/20 » SP:acordo da ANTT permite investimento de R$ 6 bi em malha ferroviária
2020/10/20 » Como fazer a amortização do FGTS pelo celular
2020/10/19 » Comércio eletrônico e delivery aumentam consumo de embalagens
2020/10/19 » Doria apresenta plano de retomada econômica de São Paulo
2020/10/19 » Produção brasileira de aço cresce 7,5% em setembro
2020/10/16 » Indicador antecedente da economia brasileira cresce 1,2% em setembro

Ver mais »