Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Preços gerais da economia têm deflação em outubro 09/11/2009

Rio de Janeiro - O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou deflação de 0,04% em outubro, segundo dados divulgados hoje (9) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). No ano, o índice acumula deflação de 1,39% e, nos 12 meses fechados em outubro, queda de 1,76%.

No atacado, a deflação foi de 0,08% ante crescimento de 0,29% em setembro. O indicador registrou desaceleração nos preços de bens finais, com peso nos alimentos processados, cuja taxa passou de 2,52% para -0,04%.

Os bens intermediários ficaram 0,03% mais baratos, puxados por materiais e componentes para manufatura (de 0,74% para 0,15%). Os preços das matérias primas brutas continuam em deflação (de 0,71% para 0,16%), porém, em processo de recuperação. Os destaques são milho (-2,44% para 3,36%), aves (-6,9 para -3,56%) e bovinos (-1,26% para 0,22%).

O Índice de Preços do Consumidor (IPC), outro componente do IGP-DI, teve pequena alta de 0,01% em relação ao avanço de 0,18%, em setembro. De acordo com a FGV, três das sete classes de despesas registraram deflação.

A principal contribuição partiu do grupo alimentação, com destaque para frutas (de 4,92% para -8,25%), alimentos para animais domésticos (1,20% para -1,79%), além de roupas (0,52% para 0,29%).

Por outro lado, os preços aumentaram no grupo transporte ( de 0,21% para 0,75%), saúde e cuidados pessoais (de 0,06% para 0,23%), educação (de -0,02% para 0,61%) e habitação (de 0,41% para 0,51%).

Também contribuiu para a queda do IGP-DI a deflação da taxa do Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que registrou em outubro crescimento menor de 0,06% em relação a setembro (0,15%).

Dois dos três grupos que compõem o indicador caíram. Os destaques são a queda de preços de materiais e equipamentos de 0,15% para -0,01% e da taxa referente a mão-de-obra, de 0,12$ para 0,02%.

Para o cálculo do IGP-DI,  foram coletados preços entre os dias 1º e 31 de outubro. O IGP-D mede o comportamento de preços em geral da economia. Segundo a FGV, disponibilidade interna é a consideração das variações de preços que afetam diretamente as atividades econômicas localizadas no território brasileiro. (Agência Brasil - Isabela Vieira)



Últimas

2020/12/03 » Concessões de aeroportos, rodovias, portos e ferrovias entram no PPI
2020/12/03 » PPI tem 115 ativos para leilões e projetos de concessão em 2021
2020/12/03 » Venda de veículos automotores aumenta 0,45% de outubro para novembro
2020/12/03 » Produção industrial cresceu 1,1% em outubro, diz IBGE
2020/12/02 » CNI: produtividade do trabalho na indústria cresce 8% no 3º trimestre
2020/12/02 » Balança comercial registra superávit de US$ 3,73 bi em novembro
2020/12/02 » CNA prevê aumento da produção do agronegócio no próximo ano
2020/12/02 » População desocupada atinge 13,76 milhões em outubro
2020/12/01 » Ipea: investimentos têm alta de 3,5% em setembro
2020/12/01 » Contas públicas registram saldo positivo após oito meses de déficit
2020/12/01 » Estimativa do mercado financeiro para a inflação sobe para 3,54%
2020/11/30 » ANP retoma a 17ª Rodada de Licitações
2020/11/30 » Corretoras poderão atuar com pagamentos de boletos a partir de janeiro
2020/11/30 » Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV
2020/11/30 » Fiscalização do Procon-SP registra infração em 70% de lojas visitadas
2020/11/30 » Taxa de desemprego passa de 13,3% para 14,6% no terceiro trimestre
2020/11/30 » Inflação do aluguel sobe e acumula 24,52% em 12 meses
2020/11/27 » Volta de cobrança do IOF sobre crédito renderá cerca de R$ 2 bi
2020/11/27 » Indústrias do Mercosul e da UE pedem urgência para acordo comercial
2020/11/27 » Indústria paulista mantém expansão no ano apesar de queda em outubro

Ver mais »