Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Oferta de algodão em 2010 será menor que necessidade da indústria nacional 19/11/2009

Brasília - A oferta de algodão no país em 2010 deve ser menor que a necessidade de consumo da indústria brasileira. A avaliação é do presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Haroldo Cunha, que participou hoje (18) da 17ª Reunião Ordinária da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Algodão e seus Derivados.

Segundo Cunha, a indústria necessita de 1 milhão de toneladas de algodão para fabricação de seus produtos, número apresentado pelos empresários do setor. A produção estimada para o próximo ano é de 1,16 milhão de toneladas, mas cerca de 400 mil toneladas serão exportadas, conforme contratos já firmados.

“Estamos vendo uma recuperação da demanda nacional e a indústria internacional também deve aumentar. A relação oferta e demanda deve ser bem justa e, por isso, vai ter necessidade de importação no início do ano”, afirmou à Agência Brasil. A estimativa é de que será preciso importar pelo menos 100 mil toneladas de algodão.

Apesar da produção se manter praticamente estável na safra 2009/2010 se comparada ao 1,19 milhão de toneladas do ciclo anterior, a área plantada deve diminuir 6,4%, passando de 842 mil hectares para 788 mil hectares.

De acordo com o presidente da Abrapa, a estimativa inicial era de uma queda maior, mas a recuperação dos preços no mercado internacional incentivou alguns produtores a ampliar um pouco mais a área de cultivo. Além disso, a produtividade também deve aumentar porque não há previsão de problemas climáticos (excesso de chuvas e seca) como os do último plantio. Os estados de Mato Grosso e da Bahia concentram quase 80% da produção algodoeira do país.

A regulamentação por parte do Ministério da Agricultura da armazenagem de algodão a céu aberto será a novidade para a próxima safra será. Assim, os produtores que seguirem as normas estabelecidas pelo governo para fazer este tipo de estocagem poderão tomar empréstimos em bancos públicos usando sua produção como garantia.

“Isso é fundamental porque o investimento para a armazenagem a céu aberto é muito mais baixo do que o da convencional, e é algo que já se faz”, afirmou Haroldo.

Dados da Companhia Nacional de Abastecimento apontam para uma redução na produção mundial de algodão de 23,4 milhões de toneladas na safra passada para 22,5 milhões de toneladas no ciclo 2009/2010. (Agência Brasil - Danilo Macedo)



Últimas

2020/03/27 » Governo anuncia linha de crédito a pequenas e médias empresas
2020/03/27 » Aviões voltam a atender a capitais e outras 19 cidades brasileiras
2020/03/27 » Ministro do STF volta a negar suspensão de MP do contrato de trabalho
2020/03/26 » Japoneses começam a usar a tecnologia 5G
2020/03/26 » Coronavírus derruba ações na Bolsa de Tóquio
2020/03/26 » Japão pode liberar US$ 503 bilhões contra efeitos do coronavírus
2020/03/26 » Japão eleva alerta de viagens para o mundo inteiro
2020/03/25 » Governo define medidas contra covid-19 na assistência social
2020/03/25 » Aneel suspende por 90 dias cortes no fornecimento de energia elétrica
2020/03/25 » EUA pedem que cidadãos norte-americanos deixem o Brasil
2020/03/24 » Covid-19: Brasil tem 46 mortes e mais de 2 mil casos confirmados
2020/03/24 » Empresários pedem a Toffoli segurança jurídica durante pandemia
2020/03/24 » Ministério recomenda adiar vacinação de crianças contra a gripe
2020/03/24 » Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio são adiados
2020/03/23 » MP permite suspensão do contrato de trabalho por até quatro meses
2020/03/23 » BC adota medidas para injetar R$ 30 bilhões na economia
2020/03/23 » EUA anunciam novas medidas para combater efeitos da covid-19
2020/03/23 » Brasileiros esperam que inflação fique em 4,8% nos próximos 12 meses
2020/03/23 » BC anuncia redução de compulsório e empréstimo a instituições
2020/03/20 » Clientes do cinco maiores bancos podem pedir prorrogação de dívidas

Ver mais »