Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Maioria das regiões registra queda na produção industrial na comparação com outubro de 2008 04/12/2009

Rio de Janeiro - Embora a produção industrial brasileira venha dando sinais de recuperação – com expansão em dez dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na passagem de setembro para outubro –, quando a comparação é feita com igual mês do ano passado, os números ainda são predominantemente negativos.

Segundo a Pesquisa Industrial Mensal Produção Física – Regional (PIM), em relação aos dados de outubro de 2008, houve retração em dez dos 14 1ocais avaliados. A queda global chega a3,2%.

A maior retração ocorreu no Pará (-8,7%). Em seguida vêm os estados de Minas Gerais (-7,4%), Goiás (-5,8%), do Rio Grande do Sul (-5,5%), de São Paulo (-5,1%) e do Ceará (-3,5%), todos com queda superior à média nacional (-3,2%).

Também registraram taxas negativas o estado de Santa Catarina (-2,9%), do Amazonas (-1,4%) e Rio de Janeiro (-1,0%). A Região Nordeste (-0,1%) praticamente repetiu o nível registrado em outubro de 2008.

Já os estados do Espírito Santo (2,4%), de Pernambuco (1,0%), do Paraná (0,6%) e da Bahia (0,3%) tiveram incremento na produção.

Se for considerado o indicador acumulado para o período de janeiro a outubro, todos os locais pesquisados apresentam taxas negativas. Com queda superior aos -10,7% relativos à média nacional, aparecem os estados do Espírito Santo (-21,1%), de Minas Gerais (-17,6%), do Amazonas (-11,9%), de São Paulo (-11,6%) e do Rio Grande do Sul (-10,9%).

Nesses locais, segundo o IBGE, foram determinantes para o desempenho industrial fatores como a queda do dinamismo dos produtos tipicamente de exportação – e consequentemente mais vulneráveis à crise financeira internacional – como é o caso das commodities (entre elas, minérios de ferro e produtos siderúrgicos). Também contribuiu o forte ajuste na produção de automóveis e de máquinas e equipamentos.

A queda em Santa Catarina foi de 10,4%. Os demais resultados foram: Pará (-8,2%), Bahia (-8,0%), Região Nordeste (-7,3%), Ceará (-6,4%), Rio de Janeiro (-5,9%), Paraná e Pernambuco (ambos com -5,2%) e Goiás (-1,7%). (Agência Brasil - Nielmar de Oliveira)



Últimas

2019/09/19 » Intenção de consumo das famílias cresce 0,3% em setembro, diz CNC
2019/09/19 » Confiança de empresário industrial fica estável em setembro
2019/09/19 » Copom reduz Selic para 5,5% ao ano
2019/09/16 » Brasil eleva em 9,5% comércio com EUA, mas diminui com outros países
2019/09/16 » IGP-10 tem inflação de 0,29% em setembro
2019/09/16 » Mercado financeiro espera por redução da Selic para 5,5% ao ano
2019/09/13 » Aprovada, reforma das telecomunicações depende agora de regulamentação
2019/09/13 » Dispositivos digitais abrem novas possibilidades na saúde
2019/09/13 » Você tem direito a sacar o FGTS? Teste seus conhecimentos
2019/09/13 » Agências da Caixa ampliam horário nesta sexta para saques do FGTS
2019/09/12 » Indicador mostra alta de 2,6% no consumo de bens da indústria em julho
2019/09/12 » Abate de bovinos e suínos cresce no segundo trimestre no país
2019/09/12 » Setor de serviços cresce 0,8% de junho para julho no país, diz IBGE
2019/09/11 » Comércio varejista cresce 1% em julho
2019/09/11 » Código do Consumidor completa 29 anos; teste seus conhecimentos
2019/09/11 » Novas tecnologias digitais auxiliam produção no campo
2019/09/10 » Safra de grãos deve fechar 2019 com crescimento de 5,9% , diz IBGE
2019/09/10 » ANP inicia 1º ciclo da oferta permanente de blocos de petróleo e gás
2019/09/10 » Produção industrial recua em oito dos 15 locais pesquisados em julho
2019/09/10 » Governo aumenta previsão de crescimento da economia para 0,85%

Ver mais »