Câmara do Japão
Japonês
Buscar: OK

Tópicos

 

 

 

 

 

 

(426)Você está em:
  • Home »
    • Câmara
      • » Notícias

Notícias

Selecione datas para filtrar: a OK
Brasil criou 1,1 milhão de empregos em 2009, diz Lupi 05/01/2010

Brasília - O Brasil fechou o ano com saldo de 1,1 milhão de novos empregos, cerca de 350 mil a menos que em 2008. A estimativa é do ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, que deve apresentar os números oficiais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) na segunda quinzena de janeiro.

A entrevista com o ministro Carlos Lupi vai ao ar hoje (4) durante o telejornal Repórter Brasil, a partir de 21h na TV Brasil.

O número é o segundo menor desde o início do governo Lula, superando apenas 2003, quando o saldo foi de 645 mil novos empregos. No entanto, segundo Lupi, o resultado está acima das expectativas para um ano ainda sob os efeitos da crise financeira internacional e “surpreendeu a todos os pessimistas”.

Até o novembro, o Caged registrou 1,4 milhão de empregos em 2009, mas as demissões de trabalhadores temporários em dezembro devem reduzir o total de vagas criadas no ano em cerca de 300 mil.

“Todo dezembro temos uma média de 300 mil negativos. O ano passado foi atípico, com 650 mil empregos a menos no mês, mas este ano acredito que fique entre 200 [mil] e 300 mil, o que vai fazer com que o saldo anual fique positivo entre 1,1 milhão e 1,15 milhão”, disse o ministro hoje (4) à Agência Brasil após gravar entrevista nos estúdios da TV Brasil.

Segundo Lupi, apesar dos reflexos da crise na economia brasileira, fatores como o controle da inflação, o aumento do poder aquisitivo do salário mínimo e a demanda interna seguraram a geração de postos de trabalho no país no ano passado.

O ministro destacou a criação de empregos no comércio e nos serviços e em setores que haviam demitido muito no auge da crise. “A construção civil recuperou-se bem no fim do ano e a indústria, que começou 2009 muito mal, demitindo muito, recuperou-se e vai começar 2010 muito positiva”, avaliou. A expectativa de Lupi é que em 2010 o Brasil crie 2 milhões de postos de trabalho. (Agência Brasil - Luana Lourenço)



Últimas

2021/05/13 » Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia
2021/05/13 » Produção de grãos cresce 5,7% e chega a 271,7 milhões de toneladas
2021/05/13 » Confiança da indústria aumenta 4,8 pontos em maio
2021/05/13 » IBGE prevê safra recorde de 264,5 milhões de toneladas para 2021
2021/05/13 » Caixa registra alta de 50,3% em lucro líquido no 1º trimestre de 2021
2021/05/13 » Abate de bovinos cai 10,3% no primeiro trimestre do ano
2021/05/13 » Setor de serviços recua 4% de fevereiro para março
2021/05/12 » Senado aprova caráter permanente do Pronampe
2021/05/12 » Vendas de motos têm alta e mostram recuperação do setor em abril
2021/05/12 » Faturamento de atacadistas e distribuidores cresce 5,2% em 2020
2021/05/12 » FGTS poderá ser usado para abater prestações de imóveis do SFI
2021/05/12 » Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre, diz Abecs
2021/05/12 » Inflação da construção civil registra taxa de 1,87% em abril, diz IBGE
2021/05/12 » Inflação para famílias com renda mais baixa cai para 0,38%
2021/05/12 » Alta da Selic vai levar inflação a ficar abaixo da meta, diz Copom
2021/05/12 » Em março, indústria recua em nove dos 15 locais pesquisados, diz IBGE
2021/05/12 » Produtividade na indústria cai 2,5% no primeiro trimestre, diz CNI
2021/05/12 » Inflação oficial fica em 0,31% em abril, diz IBGE
2021/05/11 » Banco Central abre consultas para saques e trocos via Pix
2021/05/11 » Faturamento da indústria volta a crescer em março, segundo CNI

Ver mais »